sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Terra, o Hospital Moral da Humanidade

 
Amados irmãos, quão mesquinha e materialista é a humanidade na Terra, quão sofrida e ambiciosa, quão orgulhosa é. Pensando na humanidade dessa forma, não somos capazes de ver um futuro agradável para nossos filhos e netos, não é mesmo?

Não é verdade, olhemos a Terra não como o todo, mas como uma pequena parte de um universo infinito. A humanidade não é exclusividade terrena, mas sim distribuída em todos os mundos do universo, cada qual com seu nível e portanto não podemos crer que nos resumimos a ser os únicos existentes no universo tão imenso criado pelo pai.

A terra não é como uma cidade que abriga todos seus habitantes, mas é como um hospital moral, onde uma pequena parcela de indivíduos se recupera. Ora, um hospital não abriga todos os habitantes de uma cidade, pois o mesmo ocorre com a Terra que não é capaz de abrigar todos os espíritos do universo.

Assim como o doente que recebe alta no hospital, o enfermo moral quando se corrige na Terra pode retornar para a pátria espiritual e habitar mundos mais evoluídos.

Deus é bom e justo, não nos forçaria a viver uma única existência em um único planeta sem termos condições para sermos felizes, tal qual um pai ama seu filho, assim é Deus, um Pai de amor e bondade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário