quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Há Um Inimigo Entre Nós?

Em nossa família sempre nos deparamos com pessoas que em nada concordam conosco, agem com imprudência, arrogância, as vezes nos maltratam, demonstram claramente que não gostam ou não suportam nossa companhia.

Pensemos, não é tudo família? Não deveria haver apenas amor entre os membros de uma mesma família?

A resposta do homem seria sim, a de Deus, não. Sabemos que muitas vezes um inimigo do passado, alguém que nos fez mal ou a quem fizemos algum mal em outra vida aceita reencarnar em nossa família com o objetivo de ambos trabalharem as imperfeições, corrigirem os erros cometidos e apararem as arestas de uma vida difícil.

Somos então chamados ao trabalho, somos então convocados ao perdão e ao auxílio, ao entendimento daquele ser que se faz presente na nossa vida, na nossa família como sendo alguém a quem devemos muito mais do que a convivência.

Irmãos, perdoem um parente de trato áspero e procurem ajudá-lo a superar suas imperfeições, sem impor, sem agredir, sem querer ser superior a ele e a ninguém.

Sabem porque vos digo sobre esse tema hoje? O Natal é uma das datas mais importantes, senão for a mais importante, em que reunimos nossa família carnal. É a oportunidade do trabalho, da caridade, do perdão.

Reflitamos nisso e aproveitemos todas as oportunidades dessa vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário