terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Quem se Exaltar será Rebaixado, Quem se Rebaixar será Elevado


Em um de seus ensinamentos, Jesus nos ensinou que devemos tomar cuidado com a forma orgulhosa que nos impomos diante do próximo. Ele refería-se a necessidade de mesmo nos cargos de poder mais altos, mesmo na abundância dos bens materiais, mesmo na fartura do conhecimento, que nós agissemos como crianças, ou seja, com humildade.

Somos constantemente julgados por Deus, observados e compreendidos, mas não pelos pensamentos e sim pelos atos. Os pensamentos são o princípio, pois para errar é preciso primeiro pensar no erro, mas o ato é o fato consumado e é ele quem nos condena pelo erro.


Devemos sempre lembrar que tudo o que temos, o que somos e como vivemos é obra de Deus, pertence a Ele e portanto, sequer temos o direito de nos elevar diante de outras pessoas. Não temos nada nessa vida que não seja a vida. O resto, é de Deus, pode e deve ser compartilhando com os menos afortunados e precisa ser sempre visto como um presente e não como uma posse.


A criança tudo vê com humildade, é exemplo constante de amor, caridade. Se tem um brinquedo e o amiguinho não o tem, precisa compartilhá-lo porque senão não terá com quem brincar. Porque nós quando adultos agimos com tanto egoísmo? Se temos um carro novo, precisamos compartilhá-lo, senão nunca teremos companhia para um passeio agradável. Se temos uma casa grande, devemos compartilhá-la, senão viveremos na solidão. Se temos o conhecimento, precisamos compartilhá-lo, senão seremos um livro chato que ninguém quer ler.


Rebaixemo-nos como uma criança e seremos elevados como filhos de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário