sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

A Aparência Que Nos Engana



Consideramos avaliar um livro pela capa, um filme pelo nome, uma pessoa pela sua vestimenta.

Devemos tomar cuidado com esse julgamento, uma pessoa precisa ser conhecida pelos seus atos, não pela sua aparência. Um homem bem trajado, de trato fino, pode muitas vezes ser um avarento, orgulhoso, mas também pode ser um caridoso, humilde.

Não é possível avaliarmos alguém ou algo apenas pela aparência, pois podemos errar e magoar as pessoas.

Tomemos conhecimento de que nós não gostaríamos que nos avaliassem assim e por isso precisamos dar uma chance ao próximo de mostrar quem ele realmente é.

Saber ouvir, procurar entender, sempre antes de julgar é a melhor forma de termos um convívio prazeroso com o nosso próximo.

Julgar é errado, pré-julgar é mais ainda pois passa a ser preconceituoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário