terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Momentos com Jesus

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 8,11-13
            Naquele tempo, os fariseus vieram e começaram a discutir com Jesus. E, para pô-lo à prova, pediam-lhe um sinal do céu. Mas Jesus deu um suspiro profundo e disse: 'Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal.' E, deixando-os, Jesus entrou de novo na barca e se dirigiu para a outra margem.
"Palavra da Salvação.
Muitas vezes queremos e achamos que Deus tem de se mostrar a nós, onde está a nossa fé? pois crer é acreditar sem ver, que vejamos Deus em nosso dia a dia em cada momento que Ele se mostra...

Autor:  Padre Luíz César Moraes "

Pedir a Deus que se mostre a nós é o mesmo que dizer a Ele que só acreditamos vendo. Pobre daquele que age assim, que fala ter fé da boca para fora.

Deus só nos pede que confiemos nele e tudo o que fazemos é pedir provas para confiar.

Quando passamos por momentos difíceis, comumente culpamos Deus ou até mesmo acusamos a sua inexistência diante do nosso sofrimento, o que na verdade é tudo culpa nossa, sofremos justamente por não compreendermos e seguirmos o que Jesus sempre ensinou.

Quem sofre por amor é porque não entende o amor, porque não aceita o próximo como ele é, porque se acha dono de alguém e confunde o apego com amor verdadeiro.

Quem sofre por doença é porque acumulou em pensamentos e atitudes erradas nesta ou noutra vida males que o espírito tenta expulsar por meio do corpo físico. Já ouviram falar de doenças causadas por nervosismo? Sim, quem fica nervoso é o espírito consciente da situação difícil e ruim, mas quem sofre é o corpo por transformar isso em doenças.

Quem sofre por achar que tem o direito de ganhar mais é porque age com egoísmo e orgulho e esquece que  sem esforço não se evolui e que mesmo que esforçando-se não conseguiu ganhar mais é justamente por já ter o que precisa para prosseguir. Nós é quem alimentamos essa necessidade inútil de excessos materiais, nós é quem criamos a dependência do dinheiro. Quanto mais ganhamos, mais queremos e mais gastamos.

Deus nunca nos abandonou, sempre esteve ao nosso lado em todos os momentos, até nos mais singelos. Pedir uma prova de sua existência é no mínimo ridículo, uma vez que bastaria olhar ao redor, na imensa obra divina que é o mundo e a natureza. Afinal, quem seria tão capacitado para fazer a vida tão bela senão o próprio Deus criado?

Qual foi o homem que conseguiu criar vida sozinho? Um robô? Não, robôs não possuem vida, tão pouco são capazes de ter sentimentos e se forem capazes de pensar, são limitados, não tem emoções, fazem apenas o que são programados.

Deus fez até o mais simples dos animais ter amor fraterno pelas suas crias, protegendo-as para garantir a existência da espécie. Deus criou instintos que ensinam a caçar, alimentar, refugiar-se. O homem, nada criou, apenas copiou o que já existia.

Ainda querem provas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário