quinta-feira, 5 de abril de 2012

O Coração é um Recipiente



No coração armazenamos o amor. O coração é portanto um recipiente.

Amor há em tudo na vida, amor está espalhado entre nós. Mesmo assim reclamamos que não temos amor suficiente.

O oceano possui muita água e você pode pegar toda a água que quiser. O que o limitará é exatamente o tamanho do seu recipiente.

O mesmo vale para o amor que há em abundância, mas se seu coração é um recipiente pequeno, não poderás levar muito dele. Essa é, portanto, a causa da falta de amor em muitos de nós.

Aumentemos o recipiente, ou melhor, o coração e recebamos mais amor. Para fazer isso, deixe de lado o orgulho, a maldade, a inveja, o ciúmes e se abra para a vida. Permita que as pessoas ao seu redor façam-lhe companhia, permita que elas o amem.

Ao viver fechado, recluso da vida, da sociedade, você está diminuindo o seu recipiente e vai ficar com pouco amor.

Ao se abrir para a vida, para os acontecimentos, para as oportunidades, para os amigos, vizinhos e parentes, estarás aumentando o recipiente e poderás levar consigo uma quantidade maior de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário