terça-feira, 10 de julho de 2012

Máscaras



  Na vida em que vivemos, temos contato com muitas pessoas, pessoas estas as quais nem sempre são o que aparentam ser. Utilizam máscaras que as escondem de nós, que disfarçam os verdadeiros interesses.
  Descobrimos quem são estas pessoas ao comparar as atitudes de falsa caridade e amor no trabalho, na escola, no dia à dia com chefes, amigos e conhecidos com as atitudes de agressividade, ódio, revolta apresentadas dentro do lar, com a família.
  Ora, se o ser pode ser cordial com um desconhecido, por que então não o é com seu familiar?
  Simples e puro interesse em cada atitude é a resposta. Quando se é amável com o chefe, muitas vezes almeja-se um cargo melhor, um salário melhor, quando se é amável com um amigo, muitas vezes deseja-se um favor, uma ajuda com algo importante no mundo materialista, quando se é amável com um desconhecido, é evidente o interesse em algo, mas quando se é arrogante com as pessoas que vivem ao nosso lado no lar, então mostramos a verdadeira face do lobo escondida sob a pele do cordeiro.
  Viver tal situação em que se tem 2 personalidades em uma única pessoa pode causar um sofrimento muito grande, principalmente às pessoas que idolatram cantores, artistas, celebridades. Essas pessoas vão tão à fundo em suas ilusões que criam uma consciência de que podem até ser o próprio ídolo. Com o tempo, a separação entre a realidade de quem se é e a ilusão de quem se quer ser acaba se estreitando e a pessoa pode vir a não conseguir mais separar um personagem do outro, causando um enorme transtorno em sua vida.
  Devemos ser sinceros em tudo o que fazemos, devemos ser transparentes e únicos. Fingir ser alguém para agradar outrem é o mesmo que mentir, o que é errado. Viver uma fantasia de que se é um artista famoso apenas para saciar a sua sede de luxo e fama, também é prejudicial para o seu próprio desenvolvimento, pois gera fanatismo e pode levar a pessoa à perda do controle emocional.
  Sejamos autênticos no lar e no trabalho, na rua e na escola, com tudo e com todos, sejamos apenas nós mesmos e não tenhamos vergonha de ser quem somos, pois estamos aqui para aprender e evoluir, não para mentir e se iludir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário