quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Cascata de Luz


Hoje ao acordar me deparei com um pensamento: Quão maravilhoso é poder receber tantas oportunidades de Deus, como quem se posiciona sob uma cascata de luz!

Diariamente recebemos essas oportunidades e bençãos, elas existem mesmo que você não as esteja vendo. Se pararmos para observar ao nosso redor, são tantas coisas boas acontecendo, porém somente damos importância para as coisas ruins, pois elas são marcantes na memória.

A cascata de luz deveria nos chamar muito mais a atenção, pois o sorriso que nos dão logo ao acordar, o abraço que recebemos de quem nos ama, o olhar de carinho que vem para nos confortar são tão marcantes quanto qualquer maldade que se encontre no mundo.

Nós temos que treinar os nossos olhos para que eles vejam aquilo que nós queremos. Jesus mesmo nos mostrava que diante de irmãos possessos de espíritos trevosos, haviam pessoas boas que sofriam, diante de irmãos leprosos, aleijados, doentes, haviam pessoas que queriam carinho e atenção para alivio de suas dores. Mas quantos não olhavam para elas e somente viam desgraçados e infelizes, os repudiavam, os isolavam.

O cego, sentado a beira da estrada por onde o Cristo caminhava, ouviu a multidão que o seguia e pensou: este deve ser o filho de Deus que todos falam. Ao gritar seu nome e pedir por ajuda, a multidão mandava-o calar-se. Por que a multidão que seguia Jesus, com tantos exemplos de amor e caridade não ajudava o pobre cego a chegar ao Cristo?

Simples, muitos que vêem a cascata de luz e amor de Deus a desejam somente para si e esquecem de compartilhá-la.

O Cristo, ao ouvir o chamado vindo do pobre homem cego, pediu que o trouxessem a Ele e então o curou.

As bênçãos caem do céu sim, mas não porque pedimos e achamos sermos merecedores, elas caem do céu porque quanto menos você espera, há algo de bom acontecendo ao seu redor. Quando se está triste, encontramos alguém feliz para nos contagiar, quando se está doente, encontramos alguém disposto a nos ajudar, quando se está só, se procurarmos no vizinho, no amigo, no parente ou até no desconhecido na rua, encontramos alguém para conversar.

Quanta luz diariamente nos é concedida e quanta luz diariamente nós desperdiçamos?

Banha-te na cascata de luz e sinta a presença do Criador em cada acontecimento em sua vida, treina tuas vistas para ver as coisas boas somente e purifica o teu coração para que ele seja digno de receber o amor divino!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Através

Através de ti mesmo
A Lei de Deus se exprime.

Por teus gestos e ações,
A vida te responde.

A própria Natureza
É o grande exemplo disso.

O fruto que consomes
Surge através da planta.

Pela benção da flor
O perfume aparece.

Recorda: o que tivermos
Chega através de nós.


Pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Momentos de Paz, Médium: Francisco Cândido Xavier.

sábado, 27 de outubro de 2012

A Trave e o Argueiro




Buscando sempre nas palavras de Jesus ensinamentos úteis para as nossas vidas, lembramos de um caso singular.
Ao final do dia o trabalhador dialogava com a esposa, sobre diversos temas, quando enveredou pela crítica aos colegas de trabalho que, segundo ele, praticavam erros abomináveis.
Lamentava-se dizendo que não aguentava mais aquele pessoal da empresa.
A esposa que ouvia atenta, perguntou-lhe:
O que foi desta vez?
Ao ouvir estas palavras ficou preocupado, pois teve a impressão de reincidência no mau hábito de criticar.
Todavia continuou: Sabe o que é? Lá na seção existe uma cadeira vazia que serve para o usuário se sentar quando vem falar conosco.
Pois bem, quando eles se retiram, não colocam a cadeira de volta no lugar de origem, o que já é um desrespeito.
E mais: os colegas não movem uma palha para colocá-la no lugar correto. Eu é que faço isso sempre, já que a cadeira fora do lugar atrapalha o trânsito.
A esposa, que até então ouvia sem dizer uma palavra, comentou: É engraçado!
O quê? Indagou o esposo curioso.
É engraçado tudo isto que você disse.
Por quê?
Você comenta sobre os colegas que não colocam uma cadeira no lugar, desrespeitando o ambiente de trabalho, quando você faz o mesmo dentro de sua própria casa.
Como assim? Perguntou com o coração em sobressalto, pela surpreendente revelação.
Você termina de almoçar, ou jantar, levanta-se, a cadeira vai parar distante da mesa, quase no meio da sala.
Seus filhos e eu observamos seu caminhar satisfeito até o sofá, atirando o corpo saciado nele, voltando em seguida o olhar sonolento para a televisão ou o jornal.
Enquanto isso, eu recolho os talheres e, ao final, recoloco a cadeira no lugar, antes que você mesmo tropece e reclame por ela estar fora de sua posição original.
Eu faço isso? Indagou assustado.
Há oito anos, respondeu a esposa.
Esse era o tempo que viviam juntos.

* * *
Jesus, em Sua sabedoria questiona:
Por que olhas para o cisco que está no olho de teu irmão e não notas a trave no teu olho?
Assim procedemos muitos de nós. Reprovamos os defeitos dos outros e esquecemos de dar uma olhada no nosso modo de ser.
Criticamos nos outros o que costumamos fazer habitualmente, sem nos darmos conta.
Jesus, após o questionamento, recomenda:
Tira primeiro a trave do teu olho, e então verás para tirar o cisco do olho do teu irmão.

* * *
Antes de levantar a voz para criticar quem quer que seja, voltemos o olhar para nossa própria situação.
Observemo-nos constantemente para não cairmos no mesmo equívoco do esposo que deixava a cadeira fora do lugar e criticava esse comportamento nos colegas.
Como podemos perceber, os ensinos de Jesus são sempre oportunos e atuais, basta que saibamos entendê­-los.
Pensemos nisso!

Redação do Momento Espírita.


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Espiritismo na Bíblia


Isaias, Capítulo 24:



1 Eis que o Senhor devasta a terra e a desola, transtorna sua superfície e dispersa os habitantes.
2 E acontecerá o mesmo ao povo como ao sacerdote, ao escravo como ao senhor, à escrava coo à patroa, ao vendedor como ao comprador, ao que empresta como ao que toma emprestado, ao credor como ao devedor.
3 A terra será totalmente devastado e inteiramente saqueada (…).
17 Para ti, que és habitante da terra, está reservado o susto, a cova e o laço.
18 E acontecerá que quem fugir do susto cairá na cova, o que se desembaraçar da cova será preso no laço, porque as cataratas do alto serão abertas e serão abalados os fundamentos da terra.


Isaías, Capítulo 25:

8 Fará desaparecer a morte para sempre. O Senhor Deus enxugará as lágrimas de todas as faces e removerá de toda a terra o opróbrio de se povo(...).

Trata-se de uma das afirmações mais claras sobre a imortalidade da alma, contida no Antigo Testamento. Neste trecho, fica muito claro o que nos ensina a Doutrina Espírita: a regeneração do Planeta, a vida eterna sem sofrimentos, sem lágrimas.

Isaías era um médium com a capacidade de enxergar além de seu tempo.

No livro de Números, Capítulo 24, o médium Balaão vai além de seu tempo e visualiza Agag, rei amalecita vencido por Saul. O curioso aqui é que Agag foi um rei amalecita do tempo de Saul, que foi rei de Israel por volta do século 11 a.C., quase quatrocentos anos depois de Balaão.

Fonte: Livro Mais Além do Meu Olhar, ditado pelo espírito Luiz Sérgio e psicografado pela médium Irene Pacheco Machado.
 

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Decepções



Nossas decepções geralmente ocorrem quando queremos muito alguma coisa que não nos pode ser concebida, pois nem sempre o que queremos é o que precisamos.

Nosso egoísmo nos faz querer tudo do bom e do melhor para nós, incentivando a inveja sobre aqueles que tem por mérito, seja desta ou de outra vida.

Somente conseguimos a paz interior quando nos contentamos com o que temos e damos graças por termos mais do que o necessário para prosseguirmos na vida.

Quantos não são os que não tem braços, pernas, um lar, uma refeição, um copo d'água, um familiar, um amigo e nós muitas vezes temos tudo isso e ainda queremos mais, invejando o que os outros tem.

Cuidemos dos nossos desejos, cuidemos dos nossos pensamentos, nos apliquemos em uma reforma íntima e procuremos sempre manter o equilíbrio da vida.

Jesus tinha pouco e doava muito, sigamos o seu exemplo em busca da paz e do amor.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Tudo é Amor



Tudo na vida é amor, o amor é o que move a Terra, o Universo, a Vida como ela é, não o amor mal compreendido, aquele que nos enganamos e iludimos, esse não seria amor, mas sim apego material e físico.

O amor é combustível para todos os dias, para cada manhã recomeçarmos, para prosseguirmos trabalhando na caridade.

O amor é o bater do coração que nos mantém motivados a seguir adiante, mesmo quando nos ofendem, mesmo quando nos querem ver tristes, é o amor verdadeiro e incondicional que nos faz superar as dificuldades.

O amor existe sim, sem ele nada do que conhecemos hoje existiria, isso ocorre porque Deus criou o Universo e consequentemente a Vida por amor a nós.

E é por amor que hoje deixo essa mensagem, que ela toque o seu coração e desperte a semente de amor que aguarda um motivo para germinar e dar frutos e então alimentar com amor outros coraçõezinhos por ai!

domingo, 21 de outubro de 2012

A Visão Espírita da Sexualidade

"A Visão Espírita da Sexualidade", este foi o tema da palestra do médico, conferencista e orador espírita Dr. André Luiz Seabra (mineiro de Conselheiro Lafaiete, radicado a mais de 10 anos em Teixeira de Freitas-BA), foi no domingo 25 de setembro/2011, de 09 as 10 da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Ele nos falaou sobre a necessidade e vantagens de incorporarmos a afetividade em nossas relações diárias. Muita Saúde, Paz e Alegrias! Carlos Pretti (Departamento de Divulgação da SCEE).

sábado, 20 de outubro de 2012

Reunião Espírita

 

Nos bastidores de uma Reunião Espírita

Um excelente vídeo que nos conta o que ocorre durante uma palestra, os passes e o atendimento fraterno em uma casa espírita, olhando sob a ótica dos espíritos que vem em nosso auxílio.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Em Busca da Felicidade


Humberto Rohden nos leva a reflexão com a frase acima, despertando em nós a curiosidade sobre onde está a felicidade que tanto procuramos.

Estaria ela nas outras pessoas? Seria alguém capaz de me fazer feliz?

Momentaneamente sim, as outras pessoas pode despertar momentos de felicidade em nós, mas como a própria citação acima nos diz, a felicidade que buscamos não está fora de nós e sim dentro de cada um.

Cada um de nós é que é capaz de se fazer feliz. Ao acordar, sou eu quem decide se quero ficar na cama chorando e lamentando ou se quero levantar, olhar para o céu, agradecer pelo que tenho e pelo que sou e lutar para evoluir, para ser feliz, para ter um bom dia.

Sou eu que escolho dizer bom dia e sorrir para as pessoas na rua ou ficar de cara fechada e me fazer de invisível.

Sou eu o responsável pela minha felicidade, sou eu que deve acordar para a vida e escolher ser feliz. Culpar os outros por te fazer infeliz é um erro grave, é atribuir o seu fardo a outrem.

Comece o seu dia com uma linda oração debaixo do chuveiro e seja banhado pela água pura e límpida que Deus magnetizou para você se sentir bem, renovado e pronto para enfrentar mais um dia.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Nosso Tempo



Claramente vemos na frase da foto acima a vontade de Deus se realizando a cada dia em nossas vidas. Quantas não foram as vezes que nos desesperamos por querer algo e não conseguimos, quantas não foram as vezes que quando nem esperávamos fomos agraciados com uma bela surpresa?

Para tudo na vida há o seu tempo e esse tempo requer disciplina, respeito e compreensão. Se emburrar como criança mimada que não ganhou seu brinquedo não vai resolver os problemas, mas procurar compreender que se mesmo se esforçando, você ainda não o ganhou, então o tempo certo ainda não chegou.

A batalha diária para nossa evolução visa o crescimento material e espiritual em paralelo, crescer somente em um deles iria causar total desequilíbrio. É por isso que Deus nos chama a atenção não nos dando o que queremos na hora, mas sim o que realmente precisamos e no tempo certo.

Quem muito tem do material, mesmo que pareça pouco para si, precisa receber mais do espiritual e vice-versa.

Não te revoltes por não conseguir o que desejas, mas procure analisar a situação e observar que o que precisas para prosseguir já lhe foi concedido. Tudo tem o seu tempo e a sua conquista maior se dará na libertação do espírito deste corpo que hoje o abriga.

Confia plenamente em Deus e em Jesus, segue trabalhando com amor e dedicação, torna a caridade um objetivo maior, pois bendito é aquele que pede pela oportunidade de doar mais do que receber.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Desistir Nunca!

Quantas vezes nós pensamos em desistir,
deixar de lado, o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercados de pessoas;
Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota;
Quantas vezes aquela lágrima, teima em cair, justamente na hora que precisamos parecer fortes;
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz;
E a resposta vem, seja lá como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor;
E a gente insiste,
Insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, em estar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar,
Em nos mostrar o caminho:
Aquele mais difícil,
mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir,
por que tem uma missão...
SER FELIZ!



domingo, 14 de outubro de 2012

Diante das Horas

O homem pode acumular o ouro para negocia-lo quando julgue oportuno, dispõe de meios, a fim de reter as safras de cereais, na expectativa de preços que lhe satisfaçam as conveniências.

Entretanto, das riquezas que a Divina Providência lhe empresta, uma existe que ele não consegue armazenar: É o tesouro dos dias.

Toda criatura é obrigada a gastar as Próprias horas, trocando-as por algo.

Há quem as troque por trabalho e cultura, serviço ao próximo e dever cumprido, ociosidade e queixume, irritação e rebeldia.

Ao termo de cada existência no Plano Físico, os Administradores das Horas te perguntarão, naturalmente:

- “Que fizeste do tempo que o Senhor te confiou?”.

Então, compreenderás, por fim, que o tempo é vida.


Da Obra “Agora É O Tempo” – Espírito: Emmanuel – Médium: Francisco Cândido Xavier.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Dia das Crianças

PREPARAÇÃO OU LIBERDADE
 Francisco Cândido Xavier conta os precedentes da mensagem “Criança e nós”, em carta que nos enviou:
“O público para as nossas tarefas espirituais da noite trazia diversas famílias que indagavam, sem o saberem, urnas das outras – já que vinham de procedências variadas – quanto aos problemas da infância. Muitas perguntas como estas eram formuladas: Devo largar meus pequenos à solta para não prejudicá-los? – Será justo permitir que meu filho de tenra idade se transforme em pequena máquina de estimação dentro de casa, com a idéia de que somente assim será feliz no futuro? – Como proteger as minhas crianças sem controlar-lhes os impulsos infelizes? – Devo deixar os meus pequeninos em liberdade irrestrita, fazendo o que lhes venha à cabeça, a pretexto de garantir-lhes a saúde? – Será natural deixar a criança crescer com a ilusão de que é plenamente livre, para depois encontrar, na posição de adulto, os constrangimentos da disciplina social, indispensável em qualquer parte, que lhe doerão ou pesarão muito mais pela ausência de treino ou preparação?
Iniciados os estudos, O Evangelho Segundo o Espiritismo nos ofereceu a página intitulada “Os órfãos”, no item 18 do capítulo XIII, dando oportunidade a esclarecedoras explicações de nossos comentaristas. Ao término das tarefas o nosso Emmanuel escreveu a página que passo às suas mãos, na expectativa de que seja útil às nossas reflexões.”

CRIANÇAS E NÓS
Emmanuel
Muitos setores das ciências psicológicas asseveram que é indispensável preservar a criança contra a mínima coação, a fim de que venha se desenvolver sem traumas que lhe prejudicariam o futuro. Isso, no entanto, não significa que deva crescer sem orientação.
Independência desregrada gera violência, tanto quanto violência gera independência desregrada.
Releguemos determinada obra arquitetônica ao descontrole e teremos para breve a caricatura do edifício que nos propúnhamos construir.
Abandonemos a sementeira a si própria e a colheita se nos fará desencanto.
Exigimos a instituição de um mundo melhor.
Solicitamos a concretização da felicidade comum.
Sonhamos com o levantamento da paz de todos.
Esperamos o reino da fraternidade.
Como atingir, porém, semelhantes conquistas sem a criança no esquema do trabalho a realizar?
Não mergulhará teus filhos nas ondas revoltas da ira quando a dificuldade sobrevenha, e sim não te omitirás no socorro preciso, sem deixá-lo à feição de barco desarvorado ao sabor do vento. Não erguerás contra ele a palavra condenatória nos dias de desacerto, a insuflar-lhe, talvez, ódio e rebeldia nos recessos da alma, e sim procurarás sustentá-lo com a frase compreensiva e afetuosa que desejarias ter recebido em outro tempo, nas horas da infância, quando te identificavas nas sombras da indecisão.
Sabes conduzir a criança ao concurso da escola, à assistência do pediatra, ao auxílio do costureiro ou ao refazimento espiritual nos espetáculos recreativos. Por isto mesmo não lhe sonegues apoio ao sentimento para que o sentimento se lhe faça correto.
Concordamos todos em que a criança necessita de amor para crescer patenteando mente clara e o corpo sadio, entretanto, é impossível efetuar o trabalho do amor - realmente amor - sem bases na educação.


EDUCAÇÃO MODERNA
Irmão Saulo
Uns condenam a educação moderna, saudosos dos tempos em que as crianças obedeciam aos pais pelo olhar e tremiam diante do mestre. Outros aprovam a nova educação sem a conhecer e fazem do seu princípio de liberdade uma forma de abandono. Não há liberdade irrestrita, pois a liberdade só pode existir dentro das condições necessárias. Um homem solto no espaço, livre até mesmo da gravitação, não pode fazer coisa alguma e perecerá na desolação. Para que ele tenha liberdade é preciso que esteja condicionado pelo meio físico, pisando a terra e aspirando o ar, condicionado pelo corpo e pelo meio familiar e social, e assim por diante.

A educação antiga era uma forma de domesticação. As crianças eram tratadas como animais. A educação moderna, a partir de Rousseau, é uma forma de compreensão. O seu princípio básico não é a liberdade, mas a compreensão da criança como um ser em desenvolvimento. O seu objetivo não é o abandono da criança a si mesma e sim o cultivo paciente da criança, para que possa crescer sadia no corpo e no espírito. Os maus juízos sobre a nova educação provêm do seu desconhecimento pelos pais e pelos mestres, muitos dos quais não possuem aptidão para educar.

Para os órfãos, o trecho citado de 0 Evangelho Segundo o Espiritismo prescreve-nos ajudá-los, livrá-los da fome e do frio, orientar suas almas para que não se percam no vicio. Esse o programa da nova educação. Seria um contra-senso convertermos os nossos filhos em órfãos, entregues a si mesmos, ao invés de vigiá-los, descobrir-lhes os maus pendores, corrigir-lhes as arestas morais e orientá-los para o futuro.

Os depositários de bens materiais cuidam deles para que não se deteriorem. O lavrador cuida das suas plantações para que produzam. Os pais, depositários de almas, têm responsabilidade muito maior e mais grave que a daqueles. Precisam cuidar de seus filhos e ajudá-los para que sejam úteis no futuro.

(Do livro “Na Era do Espírito”, psicografia de Francisco C. Xavier e Herculano Pires, Espíritos Diversos)

Enviado por: Lista Espírita Instituto André Luiz

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O Banho como um Passe

Para muitos, o Espiritismo é algo apenas que envolve reencarnação, pluralidade dos mundos e das existências, mediunidade e  acontecimentos passados e futuros, porém, ele nos fala de evolução e evolução acontece especialmente nos momentos vividos  presentemente, no dia a dia, em nossas relações com o outro e com nossa intimidade.


 

O BANHO COMO UM PASSE

O contato da água no corpo provoca um estímulo magnético, que percorre todo o organismo, deixando-o calmo, e preparando-o para o sono reparador ou as lutas de cada dia. O banho diário, quando encontra na mente apoio, torna-se um passe. Além das virtudes curativas da água, enxertar-se-ão fluidos magnéticos, de acordo com a irradiação da alma. A disciplina dos pensamentos é uma fonte de bem-estar, na hora da higiene do corpo. No instante do banho é preciso que se entenda a necessidade da alegria, que nosso pensamento sustente o amor, até um sentimento de gratidão à água que nos serve de higiene. Visualize, além da água que cai em profusão, como fluidos espirituais banhando todo o seu ser. O impulso dessa energia destampa em nosso íntimo a lembrança da fé, da esperança, da solidariedade, do contentamento e do trabalho. 

Por este motivo, banho e passe, conjugados, são uma magia divina ao alcance de nossas mãos.

A água no banho é o fluido que vivifica o corpo. Poder-se-á vincular o banho ao passe, e ele poderá ser uma transfusão de energias eletromagnéticas.


Uma mente ordenada na disciplina, em segundos, selecionará, em seu derredor, grande quantidade de magnetismo espiritual, e os adicionará, pela vontade, na água que lhe serve de veículo de limpeza física,passando a ser útil na higiene psíquica. Observem que, ao tomar banho, sentimo-nos comovidos, a ponto de nos tornarmos cantores! E a alegria advinda da esperança, nos chega da água, que é portadora dos fluidos espirituais, que lhes são ajustados por bênção do amor. O lar é o nosso ninho acolhedor, e nele existem espíritos de grande elevação, cuja dedicação e carinho com a família nos mostrará como Deus é bom. Essa assistência atinge, igualmente, as coisas materiais, desde a arborização, até o preparo das águas que nos servem.

Quantas doenças surgem e desaparecem sem que a própria família se conscientize disso? É a misericórdia do Senhor pelos emissários de Jesus, operando na dimensão oculta para os homens, e encarregados de assistir ao lar. Eles colocam fluidos apropriados nas águas para o banho, e nas que bebemos. E, quando eles encontram disposições mentais favoráveis, alegram-se pela grande eficiência do trabalho.


Na hora das refeições, é sagrado e conveniente que as conversas sejam agradáveis e positivas. No momento do banho, é preciso que ajudemos, com pensamentos nobres e orações, para que tenhamos mãos mais eficientes operando em nosso favor. Se quisermos quantidade maior de oxigênio nitrogenado, basta pensarmos firmemente que estamos recebendo esses elementos, e a natureza nos dará isto, com abundância. É o "pedi e obtereis" do Cristo. A alegria tem também bases físicas. Um corpo sadio nos proporcionará facilidades para expressar o amor.

Quando tomar o seu café pela manhã, tome convicto de que está absorvendo, juntamente com os ingredientes materiais, a porção de fluidos curativos, de modo a desembaraçar todo o miasma pesado que impede o fluxo da força vital em seu corpo. E sairá da mesa disposto para o trabalho, como também para a vida. 


Despeça-se de sua família com carinho e atenção, e deixe que vejam o brilho otimista nos seus olhos, de maneira a alegrar a todos que o amam; assim, eles lhe transmitirão as emoções que você mesmo despertou neles e isso lhe fará muito bem. O banho mais importante é aquele feito antes de dormir para tirar as contaminações materiais, mentais e espirituais do dia.

Basta uma ducha rápida e relaxante. Daí garantirá uma noite repousante de sono e, ao acordar, todo o perfume de limpeza estará conosco.

Lembre-se de que um copo de água que tome, onde quer que seja, pode ser tomado e sentido como um banho e passes internos. Não se esqueça de bebê-lo com alegria e amor, lembrando com gratidão de Quem lhe deu essa água tão necessária pois, se ela vem rica de coisas espirituais, aumentará sua conexão com o divino poder interno. É muito bom estar consciente de cada coisa que nos acontece e estar agradecido, se sentindo abençoado e cheio de amor. A consciência, a gratidão e o amor são três caminhos paralelos, que a felicidade percorre com alegria.


Autor: desconhecido

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Seguir Contente

Caminhe contente.
Com alegria o seu caminho,
mesmo longo, se torna curto.
Reclamações e lamúrias tudo dificultam.
Retiram de você condições para vencer as barreiras
e avançar mais depressa.
Ainda que surpresas e enormes obstáculos forcem
você a descrer da bondade humana,
segure a alegria no coração
e imponha a sua vontade de bem agir.
Não se renda ao que quer
tornar você uma pessoa ruim.
Nem se lastime.
Caminhar sem lastimar
é acreditar que os obstáculos são superáveis.

Fonte: livro Caminho Seguro

sábado, 6 de outubro de 2012

Mito Pessoal ou Destino Humano

Palestra com o conferencista internacional, escritor e psicólogo, Adenáuer Novaes, de Salvador-BA, no domingo, dia 18 de setembro/2011, de 09 as 10h da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com o tema "Mito Pessoal ou Destino Humano". Adenauer é um dos mais atuantes psicólogos do movimento espirita atual, ele tem publicado mais de 20 livros sobre o tema a ser abordado. Muita Saúde e Paz para todos. Virgilio Knupp (Presidente da SCEE).

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Ansiedade

Todas as pessoas possuem problemas na vida, mas poucas tem condições psicológicas para resolvê-los com facilidade. Isso ocorre por causa de um dos sentimentos que cultivamos dentro de nós e que só agrava os problemas: a ansiedade.

Não ter dinheiro, estar doente, brigou com o esposo(a), perdeu o emprego, tudo isso é realmente difícil de superar, há de se ter paciência para conseguir manter o equilíbrio e não deixar que a ansiedade se torne um agravante exponencial.

Chorar pelo leite derramado não é solução, reclamar dos erros do passado também não, mas se procurar meditar e buscar paz interior, você será capaz de refletir sobre o acontecimento e buscar alternativas que lhe permitam superar a provação.

Inicie uma boa prece, fale com suas palavras que saem direto do coração, não se faça de vítima, pois não é, mas demonstre a sua vontade de melhorar, de não errar mais. Prossiga então fazendo uma meditação, você pode mentalizar um ambiente calmo como a natureza, uma cachoeira, um rio tranquilo e pode se lembrar até de sentar na grama ao lado de Jesus, observando seu olhar sereno, sua paz irradiante em forma de luz.

Isso lhe ajudará a se acalmar e então sua mente será capaz de produzir alternativas para encontrar soluções ao problema. Faça isso quantas vezes for necessário no dia, a cada vez que a ansiedade e o desespero tentarem lhe tomar conta.

Lembre-se de fechar o dia com uma prece de agradecimento, pois há muitos espíritos de luz que trabalham pelo seu amadurecimento e que se sentirão felizes se você se lembrar deles e de Deus também.

Que a paz acompanhe a todos!

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Proteção Energética

Todos nós sabemos as energias negativas são uma das maiores preocupações do ser humano. Procurar fugir delas é besteira. Ela nos alcança em qualquer lugar do planeta. Mas, podemos nos defender, começando a tomar uma série de atitudes e providências. Abaixo segue seis dicas para começar a combatê-las.


1. NÃO TEMER NINGUÉM
Uma das armas mais eficazes na subjugação de um ser é impingir-lhe o medo. Sentimento capaz de uma profunda perturbação interior, vindo até a provocar verdadeiros rombos na aura, deixando o indivíduo vulnerável a todos os ataques. Temer alguém significa colocar-se em posição inferior, temer significa não acreditar em si mesmo e em seus potenciais; temer significa falta de fé.
O medo faz com que baixemos o nosso campo vibracional, tornando-nos assim vulneráveis às forças externas. Sentir medo de alguém é dar um atestado de que ele é mais forte e poderoso. Quanto mais você der força ao opressor, mais ele se fortalecerá.


2. NÃO SINTA CULPA
Assim como o medo, a culpa é um dos piores estados de espírito que existem. Ela altera nosso campo vibracional, deixando nossa aura (campo de força) vulnerável ao agressor. A culpa enfraquece nosso sistema imunológico e fecha os caminhos para a prosperidade. Um dos maiores recursos utilizados pelos invejosos é fazer com que nos sintamos culpados pelas nossas conquistas. Não faça o jogo deles e saiba que o seu sucesso é merecido.. Sustente as suas vitórias sempre!


3. ADOTE UMA POSTURA ATIVA
Nem sempre adotar uma postura defensiva é o melhor negócio. Enfrente a situação. Lembre-se sempre do exemplo do cachorro: quem tem medo do animal e sai correndo, fatalmente será perseguido e mordido. Já quem mantém a calma e contorna a situação pode sair ileso. Em vez de pensar que alguém pode influenciá-lo negativamente, por que não se adiantar e influenciá-lo beneficamente? Ou será que o mal dele é mais forte que o seu bem? Por que será que nós sempre nos colocamos numa atitude passiva de vítimas? Antes que o outro o alcance com sua maldade, atinja-o antecipadamente com muita luz e pensamentos de paz, compaixão e amor.


4. FIQUE SEMPRE DO SEU LADO
A maior causa dos problemas de relacionamentos humanos é a “Auto-Obsessão”.
A influência negativa de uma pessoa sobre outra sempre existirá enquanto houver uma idéia de dominação, de desigualdade humana, enquanto um se achar mais e outro menos, enquanto nossas relações não forem pautadas pelo respeito mútuo. Mas grande parte dos problemas existe porque não nos relacionamos bem com nós mesmos.
“Auto-Obsessão” significa não se gostar, não se apoiar, se autoboicotar, se desvalorizar, não satisfazer suas necessidades pessoais e dar força ao outro, permitindo que ele influencie sua vida, achar que os outros merecem mais do que nós. Auto-obsediar-se é não ouvir a voz da nossa alma, é dar mais valor à opinião dos outros.
Os que enveredam por esse caminho acabam perdendo sua força pessoal e abrem as portas para toda sorte de pessoas dominadoras e energias de baixo nível. A força interior é nossa maior defesa.


5. SUBA PARA POSIÇÕES ELEVADAS
As flechas não alcançam o céu. Coloque-se sempre em posições elevadas com bons pensamentos, palavras, ações e sentimentos nobres e maduros.
Uma atmosfera de pensamentos e sentimentos de alto nível faz com que as energias do mal, que têm pequeno alcance, não o atinjam. Essa é a melhor forma de criar “incompatibilidade” com as forças do mal. Lembrem-se: energias incompatíveis não se misturam.


6. FECHE-SE ÀS INFLUÊNCIAS NEGATIVAS
As vias de acesso pelas quais as influências negativas podem entrar em nosso campo são as portas que levam à nossa alma, ou seja, a mente e o coração. Mantenha ambos sempre resguardados das energias dos maus pensamentos e sentimentos, e fuja das conversas negativas, maldosas e depressivas.
Evite lugares densos e de baixo nível. Quando não puder ajudar, afaste-se de pessoas que não lhe acrescentam nada e só o puxam para o lado negativo da vida. O mesmo vale para as leituras, programas de televisão, filmes, músicas e passatempos de baixo nível.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Tranquilidade


Comece o dia na luz da oração.
O amor de Deus nunca falha.
 
Aceite qualquer dificuldade sem discutir.
Hoje é o tempo de fazer o melhor.
 
Trabalhe com alegria.
O preguiçoso, ainda mesmo quando se mostre num pedestal,
de ouro maciço é um cadáver que pensa...
 
Faça o bem quando possa.
Cada criatura transita entre as próprias criações..
 
Valorize os minutos.
Tudo volta com exceção da hora perdida.
 
Aprenda a obedecer no culto das próprias obrigações.
Se você não acredita na disciplina, observe um carro sem freio.
 
Estime a simplicidade.
O luxo é o mausoléu dos que se avizinham da morte.
 
Perdoe sem condições.
Irritar-se é o melhor processo de perder.
 
Use a gentileza, mas, de modo especial dentro da própria casa.
Experimente atender os familiares como você trata as visitas.
 
Em favor de sua paz conserve fidelidade a si mesmo.
Lembre-se de que, no dia do Calvário, a massa aplaudia a causa triunfante dos crucificadores,
mas o Cristo solitário era causa de Deus...
 
(Do livro "O Espírito da Verdade", André Luiz, Francisco C. Xavier)