quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Eu Realmente Preciso?


Não te cansas de pedir? Quanto mais temos mais queremos, mais pedimos, mais nos matamos para amontoar... mas o que? Para que?

As vezes pedimos ou desejamos algo que nem ao menos nos será útil. Quantas mulheres colecionam sapatos que nem cabem mais nos armários, quantos homens juntam ferramentas velhas e as amontoam nos quartos dos fundos o ano todo, quantas crianças desejam aqueles jogos novos de videogame quando mal jogaram ou terminaram os que já têm?

Nesse Natal, chamo-os a reflexão sobre o que temos, o que precisamos realmente e o que podemos compartilhar.

Lembremos de que muito nos é dado, mas nem tudo nos é necessário e há quem nada tem, quem precisa mais do que nós.

Como é agradável aos olhos e ao coração ver aquele que sabe compartilhar seus bens, aquele que não pede para si, mas para o que precisa mais, aquele que não pensa em doar suas roupas, seus brinquedos, seus móveis somente quando estão velhos, mas sim quando querem realmente ver um sorriso no rosto do seu próximo.

Vamos refletir ao exemplo do maior compartilhador de todos, o Mestre e Irmão Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário