segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

A Jornada da Vida de um Ser



  Quando nascemos neste mundo, iniciamos uma jornada que as vezes se parece interminável, caminhamos por longas veredas e por vezes, estamos incertos sobre se chegaremos ao nosso destino.

  Nunca nos foi dito que viver seria fácil, nem que o caminho seria suave, mas que todo esforço que fizermos no sentido do bem nos seria benéfico e que as provações poderiam ser suavizadas, não eliminadas.

  Se desistir logo na primeira tentativa, ou até mesmo antes de tentar, nunca saberei se realmente sou capaz de conseguir chegar lá. Sem esforço, determinação e dedicação, fatalmente serei apenas um fracassado na minha jornada.

  Então por que desistir se nem mesmo tentei?

  Realmente seria estupidez, falta de fé, incapacidade de acreditar em meu próprio potencial, medo de me machucar...

  Somos tão fortes, somos tão capazes, somos tão protegidos por Deus que muitas vezes nos esquecemos disso e deixamos o medo nos tomar conta. Ora, se não fôssemos capazes, Deus nunca nos deixaria tentar.

  Tomemos o Cristo, nosso maior exemplo em carne e osso, justamente como exemplo, pois se Jesus não fosse capaz de suportar tudo o que viveu, cada humilhação que sofreu, cada tentação que foi a Ele ofertada, então acredito que Deus nunca teria feito seu Filho vivenciar tudo isso. Seria injusiça divina, não seria? Colocar um filho tão bondoso para enfrentar situações das quais já se sabia que ele iria fracassar.

  Mas não foi o que aconteceu, pois Deus sabia do amor puro no coração de Jesus, sabia da Sua determinação em salvar a humanidade do caminho escuro e rebelde que seguia, sabia também que, Ele, Deus, estaria sempre ao lado de Seu Filho.

  Não devemos mostrar fraqueza, temos que ser fortes e nunca desistir por medo, nem por incertezas, pois somos capazes de ter fé e somos capazes de avaliarmos cada passo nosso para estarmos certos de que o caminho é correto ou não.

  Acredite em seu potencial, confie em Deus, erga cabeça e siga em frente, você é capaz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário