terça-feira, 22 de outubro de 2013

Poema - Palavras que ferem


  Muito ocorre durante a discussão,
palavras fortes e impensadas,
o que estava preso vira explosão,
nos sentimentos das pessoas amarguradas.

  Incompreensível atitude que magoa,
lança pedras com tanto ódio,
que caem dentro de uma lagoa,
indo no fundo do coração como opróbrio.

  Certo ou errado não importa,
não tens o direito de ofender,
você não gostaria que te batessem à porta,
alguém que só deseja lhe aborrecer.

  Toda discussão merece ponderação,
porque o arrependimento logo vem,
cuidado com palavras de exacerbação,
que nada acrescentam para o bem.

  De que adiantará pedir desculpas,
se suas atitudes você não mudar,
de todas as pessoas são poucas,
as que buscam o evangelho para melhorar.

  Discuta em tom suave,
lembre-se do Mestre Jesus,
que tinha nos seus exemplos a chave,
da paz, do amor e da luz.

  Se a palavra não está a ajudar,
busca o silêncio naquele momento,
deixa a tempestade passar,
amenizando assim o sofrimento.

  E que o amor seja sempre maior,
nas atitudes de cada irmão,
pois seria muito melhor,
se seguíssemos o exemplo Cristão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário