segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Férias!


Olá leitores do blog Serena Luz!

Como todos sabem é fim de ano, período de festas, viagens e férias. Não será diferente com o nosso blog, pois iremos fazer uma pausa nas publicações entre 01/12/2014 e 01/01/2015.

Em 02/01/2015 retornaremos com novas publicações quentinhas para vocês!

Até lá os pedidos de prece ainda estarão funcionado, muita paz, alegria e amor na vida de todos!

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O erro.


  Quem é que nunca fez nada de errado?
  Naturalmente, todos nós, algumas vezes na vida, cometemos erros, seja intencionalmente ou não.
  O erro faz parte do aprendizado.
  Por trás de todo erro está a ignorância, o orgulho, ou o egoísmo.
  O ignorante erra por desconhecer, o orgulhoso por se julgar mais importante do que as demais pessoas e o egoísta por pensar somente em si.
  O que caracteriza o erro não são os padrões sociais ou as diretrizes éticas estabelecidas, mas sim suas conseqüências sobre o indivíduo e a sociedade.
  O que torna algum gesto desacertado são os seus efeitos malignos.
  Erramos quando nossos atos ferem alguém. Quando invadimos o direito à felicidade do próximo. Quando destruímos, ao invés de construir.
  Numa palavra, erramos sempre que geramos sofrimento para os outros ou para nós mesmos.
  Por estar vinculado ao sofrimento, vemos que o erro não é um bom negócio.
  Entretanto, se formos sábios, saberemos tirar frutos dele.
  De uma forma muito especial, Deus sempre cuida para que, dos nossos equívocos, tiremos algo de bom.
  Isto acontece por meio da Lei de Causa e Efeito, que faz com que todo o bem, como todo o mal realizado retorne ao seu realizador.
  No campo dos sofrimentos isto se chama expiação.
  Mas para tornar o processo menos penoso, podemos recorrer ao arrependimento e à reparação.
  Arrepender-se é, portanto, o primeiro passo na correção de um desatino.
  Existem pessoas que só se arrependem dos seus erros quando estão colhendo as conseqüências.
  Quanto mais demoramos a nos arrepender, mais sofremos.
  O arrependimento deve provocar um desejo de reparação, que consiste em fazer o bem a quem se havia feito mal.
  Mas nem todas as faltas implicam em prejuízos diretos e efetivos.
  Quer dizer, nem sempre teremos de expiar, ou sofrer.
  Nesses casos, a reparação se opera fazendo-se o que deveria e foi negligenciado. Cumprindo deveres desprezados, missões não preenchidas.
  Quem tem sido orgulhoso, buscará tornar-se humilde. O rude procurará ser amável. O ocioso passará a ser útil e o egoísta, caridoso.
  Costuma-se dizer que errar é humano.
  Nós poderíamos inverter o raciocínio dizendo que corrigir erros é que é humano, pois o homem não pode desprezar a sua fantástica capacidade de racionalização ao persistir em atitudes que somente o infelicitam.
  Reconhece-se, então, o homem de bem pela capacidade com que ele substitui seus defeitos por virtudes superiores.
* * *
  Os efeitos dos nossos atos se estendem, muitas vezes, para além da existência atual.
  Isso explica os sofrimentos atuais, cujas causas não se encontram no presente.
  Várias vezes estamos recebendo hoje os efeitos de nossos atos de vidas passadas.
  Nenhum Espírito atinge a perfeição, sem antes reparar os erros do seu caminho evolutivo.
  Por isso, hoje é o dia de fazer o melhor!

Fonte: R.M.E.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Renasce agora. (por Samara Cristina)

"Aquele que não nascer de novo não
                                                                              pode ver o reino de Deus" - Jesus.
                                                                                                                           (João, 3:3.)


Todo dia é dia de renascer,
Todos os dias são dias de plantar,
O amanhã é o momento de colher,
E agora é a oportunidade de amar.

Deixe no passado o que hoje te angustia,
Guarde no agora o que é justo belo e nobre,
Conserva o amor que em teu coração flui,
Se abra como uma pétala de rosa.

Comece hoje no trabalho fraternal,
Ame, viva, renasce, caminhe,
Seja um semeador do evangelho,
Siga os ensinamentos do Senhor.

A cada momento é uma oportunidade,
De reajustamento, de aprendizado, de ensinar,
Faça por amor ao próprio amor,
E o Jesus lhe guiará.

Não deixes para depois o que hoje pode plantar,
Crie laços de amor, paz, esperança,
E deixe para trás as sombras que venham lhe angustiar,
A boa vontade é um beneficio que pode cultivar.

Alguém te magoa? Reinicia o esforço da compreensão,
Alguém não te compreende? Persevera no amor,
E demonstre os intentos mais nobres,
Reviva cada dia na corrente cristalina do bem.

Renasce hoje em teus propósitos,
Trabalhando para superar os obstáculos
E alcance por antecipação a vitória sobre ti mesmo.
E guarde o que o Mestre nos diz: - "Aquele que não nascer de novo
Não pode vê o reino de Deus".

domingo, 23 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 13 - Aula 3 - Depressão


  Seguimos com a 3ª aula do 13º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Psicopatologias".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 13 - Aula 2 - Esquizofrenia


  Seguimos com a 2ª aula do 13º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Psicopatologias".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis- Módulo 13 - Aula 1 - Transtorno Compulsivo Obsessivo


  Iniciamos o 13º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Psicopatologias".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

Necessária esperança.


  Você se considera alguém esperançoso?
  Você acha importante ter esperança na vida?
  Em que você tem esperança?
  Curiosamente, alguns pensadores consideram-na uma ameaça.
  André Comte Sponville, filósofo moderno, afirma que a esperança deseja e teme um futuro que ainda não é, que talvez nunca seja, mas que a tortura com sua ausência.
  Para ele, nessa esperança que dizemos cultivar, há ainda muita incerteza e angústia, pois não se sabe realmente se aquilo vai ou não acontecer, se vamos ou não conseguir alcançar o que intentamos.
  É como se nos auto-enganássemos, querendo revestir de um sentimento de prazer, de alegria, um esperar que, no fundo, é totalmente incerto.
  Nietzsche é categórico, nesse sentido, dizendo que a esperança prolonga o sofrimento, por isso seria o pior dos males.
  Desconsiderando a dose extra de pessimismo nas palavras do filósofo alemão, verificaremos que há muita verdade em seu dizer.
  Se colocarmos sob observação o que entendemos por esperança, e a forma com que muitos ainda a cultivamos no mundo, veremos que todos estão certos em combatê-la.
  A esperança vulgar, do simples esperar comodista, estático, engessado, quase sempre é grande mal para o Espírito nas vias do progresso.
  Quantos dizem: Tenho esperança de conseguir uma vida melhor!... Mas não movem um dedo sequer na direção desse sonho.
  Quantos afirmam, suspirando: Tenho esperança de que o mundo vai tomar jeito... Mas não são capazes de enxergar que está na sua modificação íntima o tal jeito do mundo.
  Quantos têm esperança de conseguir isto ou aquilo, mas não entendem que precisam fazer por merecer tais conquistas.
  Ter esperança não é esperar, simplesmente, pois a esperança verdadeira é virtude, é perfeição da alma.
  Por ser virtude, é força ativa, atuante, e não desejo vago paralisante.
  Na verdadeira esperança não há insegurança, e sim, apenas a confiança plena de que tudo acabará bem, independente do que for acontecer.
  Essa segurança é dada pela confiança nas Leis Divinas, perfeitas, que regem o Universo de forma magnificamente precisa.
  Na verdadeira esperança não há a angústia da expectativa. Ela é substituída pela alegria, pela tranqüilidade de quem espera com confiança.
* * *
  Quando o indivíduo se encontra na encruzilhada de decisões importantes, é a esperança que o estimula à seleção do caminho a seguir.
  Quando os céus se apresentam borrascosos e ameaçadores, é a esperança que anuncia a claridade vitoriosa que logo mais chegará.
  Quando as dificuldades aturdem e as perspectivas de êxito fazem-se mais remotas ou impossíveis, é a esperança que propõe novos tentames, a fim de que tudo se modifique.
  Quando a morte domina, arrebatando os seres queridos da convivência física e deixando uma lacuna quase impreenchível, é a esperança do reencontro que alenta no prosseguimento da marcha.

Fonte: R.M.E.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Meditação em um instante.


  A meditação é uma prática de limpeza dos pensamentos, reequilíbrio vibracional e estabilização emocional. Ela traz muito mais do que a paz, ela traz saúde, harmonia, alegria e torna a vida muito mais fácil.

  O seu grande problema é que a meditação como a conhecemos é demorada e por isso requer disponibilidade de tempo, coisa que nós não encontramos na vida real, principalmente quem trabalha, estuda ou cuida da casa e da família.

  Este vídeo nos ensina uma técnica interessante que permite exercitar a meditação em um curtíssimo espaço de tempo. Inicialmente o treino é feito em 1 minuto, mas depois você poderá desenvolver a prática em um tempo quase que instantâneo.

  Um exercício tão benéfico assim precisa ser compartilhado e é por isso que trago aos leitores do blog www.serenaluz.com que sempre buscam por paz e amor.

  Deixo abaixo o vídeo e também um um grande abraço fraterno!

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Humildade por questão de opção.


  A humildade não é um sentimento de imposição. Não basta alguém lhe dizer que você deve ser humilde para atingir a nobreza deste sentimento tão elevado e singular. É preciso que haja transformação.

  O indivíduo nasce, cresce e a medida em que o tempo passa ele se educa, observa, compreende e absorve o que lhe interessa, o que ele julga que lhe faz bem, recebendo diversas vezes a chance de aplicar os aprendizados, de compartilhá-los, de exemplificá-los até o término de seu estágio no corpo físico. De que valeria tanto esforço para aprender tudo isso se o indivíduo não o aplicasse? É verdade que há sempre a opção, o livre-arbítrio para se decidir se quer ou não fazê-lo e é ai que entendemos o que realmente é a humildade.

  A humildade é a vontade de querer fazer o bem, ela parte de dentro e não precisa chamar a atenção de ninguém, pois é natural de cada um. Ela já habita nossos corações, mas precisa ser compreendida para que então venha a tona. A humildade sem vontade é como o café sem açúcar, não deixou de ser café, mas não tem o mesmo sabor agradável.

  Aprender a ser humilde faz parte do processo evolutivo da humanidade. Nessa etapa da vida em que somos convidados a exercitar o sentimento da humildade, encontramos obstáculos, pessoas que nos julgarão, situações que causarão indecisões, mas não estaremos sozinhos nesta tarefa. Haverá sempre um anjo bom ao nosso lado, nos intuindo ao caminho do bem, nos conduzindo à semeadura do amor, para que um dia os campos áridos dos corações humanos endurecidos se tornem lindos campos de flores perfumadas.

  A humildade de um transforma muitos pelo exemplo que se dá, nem é preciso falar, nem impor, basta ter vontade e fazer, basta deixá-la sair de dentro do coração.

  Há quem diga que o humilde é trouxa, mas perguntemos ao humilde se ele se sente bem sendo assim e descobriremos que ser humilde foi opção dele. Existe grande diferença entre ser humilde e ser submisso, entre ser humilde e ser condizente com o mal, entre ser humilde e ser um escravo. Ser humilde é um ato de renúncia ao orgulho, mas com sentimento e com razão, afim de não causar prejuízo ao próximo e muito menos a si próprio.

  Não deixemos de refletir sobre a humildade, pois já faz mais de 2.000 anos que aprendemos como exercitá-la e ainda não temos demonstrado a boa vontade em fazê-lo. Até quando agiremos com o orgulho que tanto nos causa sofrimento?

terça-feira, 11 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis- Módulo 12 - Aula 3 - Fobias e Síndrome do Pânico


  Seguimos com a 3ª aula do 12º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Saúde Mental".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 12 - Aula 2 - Ansiedade


  Seguimos com a 2ª aula do 12º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Saúde Mental".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 12 - Aula 1 - Saúde Mental


  Iniciamos o 12º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Saúde Mental".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

O templo de Deus.


  Você sabe onde Deus está? Será na sua igreja, no seu centro espírita, na sua casa?

  Eu conheço uma pessoa, e dela posso falar muito bem, que retrata a realidade de muitos de nós. Em sua busca por um lugar agradável para o estudo do evangelho, muitas igrejas já foram frequentadas.

  Ela começa a frequentar um local, gosta, passa alguns meses e decide conhecer outro. Gosta, abandona o anterior e passa a frequentar o atual. E assim vai, de igreja em igreja, de templo em templo.

  Cada local possui o seu pastor, padre ou palestrante. Cada um ensina segundo o seu próprio entendimento, porque somente podemos dar aquilo que temos em nós. Ninguém pode ensinar matemática se apenas conhece biologia. Por isso, ensina-se o evangelho conforme ele foi aprendido, cabendo a cada um de nós fazermos uma reflexão sobre o ensinamento e extrairmos o que há de melhor nos ensinamentos transmitidos a nós.

  Se, podemos então fazer interpretações diferentes, eis ai um ponto a ser repensado, pois Deus "escreveu" seus ensinamentos por intermédio de homens, os quais podem tê-los passado para o texto bíblico segundo a capacidade de cada um em compreende-los. Isso aconteceu porque nós temos que ter o mérito do aprendizado e Deus, em sua infinita bondade e sabedoria, deseja que nós progridamos por nosso próprio esforço. Se os homens que receberam o ensinamento dado por Deus tiveram todo esse trabalho de entender e repassa-los para toda a humanidade mesmo sendo seres muito imperfeitos ainda, será que podemos crucificar um pastor, padre ou palestrante por ter compreendido esses ensinamentos de forma divergente da nossa? Será que a nossa interpretação é a mais correta?

  Agora que já falamos dos locais e das pessoas que doutrinam eu posso chegar no ponto que queria. A interpretação do evangelho é sua, ela acompanha você aonde quer que você vá e a responsabilidade do entendimento e do bom uso desses ensinamentos é toda sua. Isso significa que o templo de Deus não habita construções físicas como igrejas, centros, terreiros, templos de pedra e mármore, nem habita a boca dos pastores, padres, palestrantes e líderes religiosos. O templo de Deus habita o coração de cada um, residindo mais precisamente nos sentimentos que nós temos e é a pureza desses sentimentos que nos garantem a melhor interpretação dos ensinamentos Cristãos.

  Não adianta visitar dezenas de locais religiosos se você, eu e todos os que conhecemos insistimos em não absorvermos os ensinamentos lá ministrados, filtra-los pelo crivo da razão, envolve-los pelos sentimentos do coração e pratica-los como bons Cristãos.

  Não é o que entra pela boca que faz mal, mas sim o que dela sai. É o coração que precisa estar em ordem, cheio de amor, humildade e alegria para que Deus possa estabelecer ali, isso mesmo, ali dentro o Pai cria o reino dos céus em nossas escolhas, em nossos pensamentos, afinal, cada um de nós somos filhos do mesmo Pai.

  Por isso as religiões dividem os homens, enquanto que o amor os une. Porque a religião é do homem, o amor é de Deus.

  E você, como tem cuidado do seu templo divino?

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Renovar-se. (por Samara Cristina)



Choras como se fosse a ultima lagrima da sua alma,
Mais porque? Conhece o caminho, sabe onde encontrar o remédio,
Mas ainda preferes se torturar, ainda preferes buscar a dor,
Sabes que tens o livre arbítrio, podes escolher,
Choras de felicidade, ou choras com a dor.

O evangelho de Jesus é como uma bussola,
Nos guia, nos ajuda a encontrar um caminho quando,
Caminhamos perdidos em tempestade criada por nós mesmo,
Qual a finalidade de chorar tanto?  Porque ainda insistimos em sofrer,
Sabemos que não caminhamos sozinho, que nosso amigo celestial,
Sempre está do nosso lado.

Levanta-te, abra seus olhos e procura o horizonte com tua alma,
Busque a força no Pai, ele te guia, ele te consola,
O Pai é justo, ele é bondoso, porquanto se tu passa por isso,
É porque é necessário para tua evolução como espirito eterno.

Veja este sofrimento como um recomeço, uma oportunidade,
Não se torture mais com os problemas de tua vida,
Pare agora, respire e inspira, Quantas vezes for preciso,
Faça uma prece, não deixe tua alma se afogar em tuas lagrimas.

Mergulhe tua alma no evangelho renovador,
Mergulhe tua vida no amor perfeito e real,
Se banhe de sentimentos de benéficos,
E ouve a harmonia da mais perfeita sintonia da natureza. 

Aprendas a viver em harmonia consigo mesmo,
Em equilíbrio, e caminhe, caminhe sem medo,
Caminhe com o coração cheio de esperança,
Não chores mais, sinta o abraço que vem de Deus,
Sinta o amor, o aconchego o carinho de teu anjo amigo.

Respire, respire, respire.... Inspire,
Sinta este ar renovador, esta luz que se aproxima de ti,
Sinta- se em paz, busque-a,
Limpe seus olhinhos e enxergue o horizonte que se aproxima.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Bens materiais.


  Bem material é tudo o que podemos fazer uso nesta encarnação. Eles fazem parte do plano material e são os recursos utilizados pelo espírito para o progresso moral e intelectual.

  O uso destes bens é de responsabilidade de cada um, pois tudo nos é lícito, mas nem tudo nos convêm. Não nos é errado investirmos numa casa nova, nem num carro novo, tão pouco em comer um alimento diferente do que se come no dia a dia, o que é errado é o excesso e a luxúria, isso porque nos causam males que somente percebemos depois de que a ação foi realizada.

  É depois que se gasta o dinheiro que se percebe se sua aplicação foi positiva ou negativa. Se foi egoísta ou se permitiu compartilhar com o próximo a alegria de se adquirir um bem útil a todos. Se foi ambicioso e gastou mais do que podia ou devia. Se foi guloso e comeu mais do que precisava ao ponto de passar mal. O fato é que todo bem material está aqui para ser usado, e nós precisamos aprender a usá-los da melhor forma possível, com equilíbrio e consciência.

  Não devemos depositar o nosso coração nas coisas materiais, até porque elas não são eternas e logo perceberemos que nos iludimos. Depositemos o nosso coração nas coisas espirituais e compreendamos que todo recurso material nos é útil, mas em sua grande maioria, supérfluo.

  Quem tem algo, tem também a oportunidade de compartilhar e exercitar o amor com quem não tem nada. Em tudo o que Deus nos concedeu é possível observarmos a oportunidade de aplicarmos para o bem, para isso basta querermos fazer o bem.

  Se você sofre por não ter algo, lembra-te de que você viveu até aqui sem o ter e por isso não tem que reclamar, pois você continuará sua caminhada com ou sem esse bem material. Isso não lhe impede de estudar e trabalhar para progredir materialmente, apenas tenha em mente que sofrer por isso não é bom, pois representa o domínio do apego e por conseguinte a necessidade da observância dos pensamentos equivocados e das atitudes prejudiciais.

  Já observou como é difícil para um rico abrir mão de sua riqueza? É esse apego que nos leva a refletirmos sobre que tipo de uso estamos fazendo do que nos foi concedido como empréstimo. Sim, é apenas um empréstimo, pois tua casa não é tua, teu carro não é teu, tua roupa não é tua, afinal, qual destes bens materiais iremos levar daqui quando desencarnarmos?

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 11 - Aula 3 - A Conquista da Saúde


  Seguimos com a 3ª aula do 11º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Encontro com a Saúde".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Grupo Amigos do Bem.


  Você gosta de conversar sobre coisas alegres? Sente vontade de desabafar e compartilhar experiências? Tem afinidade com trabalhos de caridade e solidariedade? Que tal se houvesse um grupo de conversação sobre este tema?

  A ideia me veio a mente durante uma reunião de estudos do evangelho. Notei o prazer das pessoas em falarem sobre coisas boas, assim como entendi a importância de apresentarmos diferentes pontos de vista para o crescimento mútuo, numa conversação saudável.

  O que acha de participar então de um grupo de conversação diária onde poderemos falar o que fizemos de bom durante o dia, questionar os amigos se eles teriam agido da mesma forma, refletirmos com o olhar para fora de nós afim de aprendermos a compreender o ponto de vista do próximo e com isso progredirmos moralmente e intelectualmente?

  O conceito é simples, não envolve religião alguma, apenas uma conversa despretensiosa na qual iremos ajudar uns aos outros. Formaremos uma corrente do bem com bons pensamentos, com ótimas vibrações. Podemos fazer isso via skype, não é preciso ter webcam não, basta usarmos o simples recurso da digitação.

  A disponibilidade inicial será de segunda à sexta às 22:30h, podendo no futuro montarmos um grupo noutro horário.

  Aceito sugestões e dicas, desde que venham para agregar boas coisas e espero que você venha participar.

  Se estiver interessado, deixe um comentário no blog www.serenaluz.com com o seu endereço de e-mail. Não se preocupe que o comentário não será publicado e o seu e-mail ficará somente entre nós dois.

  Creio que o mais importante é aprendermos a trocar essas experiências, aprendermos a desenvolver novos olhares sobre as questões da vida, deixarmos de lado esse medo que muitos ainda têm de dizerem e assumirem que são praticantes do bem, por terem receio de serem criticados por pessoas pessimistas e negativas quanto ao futuro da humanidade.

  Aguardo o seu contato!

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 11 - Aula 2 - Psicossomática


  Seguimos com a 2ª aula do 11º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Encontro com a Saúde".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Os incircuncisos de hoje.


  Nos dias de hoje, ainda encontramos alguns credos que fazem exigências quanto a certas coisas materiais que nos deixam por vezes com um ponto de interrogação na cabeça: será que isso é importante?

  Vemos que há os que devem deixar o cabelo comprido, usar saias longas, não passar maquiagem senão não entram no templo ou na igreja. Há os que devem raspar a cabeça como forma de cumprir um determinado ritual. Mas até onde a aparência é capaz de influenciar na conduta moral?

  Retomemos o texto de Paulo de Tarso na carta escrita para os romanos: "A circuncisão, de fato, só é de proveito se praticares a lei." Romanos 2:25. Ainda no mesmo trecho, ele nos fala: "Portanto, se um incircunciso guardar as exigências justas da lei, não será a sua incircuncisão considerada circuncisão?".

  O que Paulo, a 2000 anos atrás, queria nos dizer é que todos nós, gordos e magros, feios e bonitos, alejados ou perfeitos, com tatuagens ou sem tatuagens, com cabelo comprido, curto ou careca, podemos conquistar o amor de Deus se praticarmos o que o Pai nos pediu nos mandamentos, amando-o acima de tudo e amando o próximo como a si próprio.

  Quanto mais evoluído espiritualmente o indivíduo se torna, menos preso às coisas materiais ele será e por conseguinte, menos importância à aparência ele dará, porque já dizia Jesus: Não é o que entra pela boca que é impuro, mas o que dela sai. O mestre avisou-nos de que a boca fala aquilo que o coração está cheio e se o teu coração estiver cheio de ódio e mágoa, de que adianta se vestir segundo as exigências religiosas se Deus conhece o teu íntimo cheio de trevas?

  Ninguém será cobrado no reino dos céus pelo uso de uma vestimenta segundo a religião que professa, mas todos serão cobrados do uso que fizeram do seu livre-arbítrio, das escolhas do bem e do mal, das oportunidades perdidas ou aproveitadas, do amor que cultivou em si e nos corações ao seu redor.

  Desapega-te das aparências e deixa que a tua luz interior brilhe mais do que a tua aparência exterior. Ama incondicionalmente e respeita o teu irmão, afim de que o bem se propague pelo exemplo de boa conduta.

  Curiosamente, na carta para os Corintos, Paulo de Tarso diz que se uma mulher orar com a cabeça descoberta, ela estará em pecado. Acredita-se que é daí que veio essa crença da necessidade de se ter cabelo comprido ou se usar um véu na cabeça durante as orações na atualidade. Devemos compreender que, apesar do esforço para desapegar aquele povo da matéria, Paulo não podia ir contra a crença da época e por isso buscava levar a boa nova do Cristo Jesus tentando conciliá-la com as exigências do Judaísmo e dos costumes locais. Assim, compreendemos que não é uma contradição de dizeres, mas sim uma adaptação para que os menos esclarecidos e ainda fanáticos religiosos pudessem desfrutar da mesma oportunidade de conhecerem os ensinamentos de Jesus.

  No livro "Paulo e Estevão", o qual tem um bom trecho narrado na bíblia também, conhecemos em detalhes a história destes dois personagens tão importantes da semeadura do cristianismo nos corações endurecidos de Israel e ao seu redor. Paulo, antes um caçador de cristãos, se converte diante da aparição de Jesus na estrada de Damasco, segue depois ensinando o amor e a caridade, distribuindo a paz e compartilhando a boa nova. Em vários trechos do livro nos deparamos com um homem que tinha dificuldades de se desvencilhar de sua natureza orgulhosa do passado, pois Paulo era Fariseu e se achava acima de tudo e de todos antes de se render ao amor do mestre. Nessas reminiscências de suas imperfeições, vemos Paulo discutir várias vezes sobre a questão da "circuncisão" e calorosamente defender que ela pouco importava. Isso foi necessário naquela época, mas hoje, mais maduros e desenvolvidos intelectualmente, somos todos capazes de compreender isso sem que alguém tenha que se impor a nós, sem que alguém tenha que nos provar que estamos errados. Por isso, respeitemos aquele que ainda não percebe que não é o físico que importa, mas sim o moral, pois chegará o dia em que essa pessoa irá compreender isso e então decidirá que caminho quer seguir.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 11 - Aula 1 - Saúde x Doenças


  Iniciamos hoje o 11º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Encontro com a Saúde".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Vibração de amor.


  Vibra em amor,
fala com brandura,
afaga uma flor,
num gesto de ternura.

  A água se transforma,
quando o pensamento ou a fala,
emanados de certa forma,
sua molécula abala.

  Se a palavra é agressiva,
o animalzinho se retrai,
e de forma compreensiva,
de perto de nós ele sai.

  A planta cresce vistosa,
exibe cor, forma e cheiro agradável,
se a alegria for grandiosa,
e despendida por pessoa amável.

  Quem nunca viu a pimenteira,
secar só com um olhar pesado?
Essa é a mais fácil maneira,
de percebemos o efeito do mal olhado.

  Desde as células nós vibramos,
seja amor ou seja ódio,
isso depende do que nós exercitamos,
desde o nascimento até o velório.

  Escolhas tu o que desejas,
afim de modificar o teu ambiente,
é o amor que tu ensejas,
ou é o sofrimento latente?

  O pensamento tem poder,
a palavra tem mais ainda,
se o pensamento revela o querer,
a palavra vem e o materializa.

  Vibra amigo, vibra amor,
por onde passar deixe a paz,
joga fora toda essa dor,
Jesus já nos mostrou como é que se faz.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Indulgência. (por Samara Cristina)


Indulgencia sentimento doce e fraternal,
Que faz do ser que a possui,
Ser calmo, sereno, feliz,
Esta é uma pratica de amor e caridade.

Compreende a falta do próximo,
E não julga, não ofende,
Compreender é amar, e amar,
Este é o sentimento que deve
sustentar os corações.

Seja indulgente para com as fraquezas
Do próximo e severo convosco,
Todos nós temos maus pendores a vencer.
Defeitos e hábitos a corrigir...
Ser indulgente é amar.

Bendita doutrina é o espiritismo!
Ensina, consola... Feliz é aquele
Que conhece e se esforça,
Pratica a caridade do coração,
Caridade para com o próximo.

Ah, caridade é verdadeira grandeza da alma,
A caridade para com todos,
E amar a Deus sobre todas as coisas.
E o próximo como a si mesmo.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 10 - Aula 3 - Libertação do sofrimento


  Seguimos com a 3ª aula do 10º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "O Sofrimento".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 10 - Aula 2 - Finalidade do Sofrimento


  Seguimos com a 2ª aula do 10º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "O Sofrimento".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

As doenças que nos afligem.


  Não é de hoje que encontramos doenças que nos afligem como por exemplo a situação atual com o Ebola. Elas nos causam dores, sofrimentos, humilhações, nos colocam numa posição inferior, de quem só pode pedir ajuda porque não é capaz de vencer sozinho este mal.

  Que bom que há doenças!

  Você deve achar que estou louco, não é mesmo? Pois não estou! A doença é uma ferramenta que Deus criou para a depuração do espírito. Ora, o orgulhoso jamais desceria do seu pedestal se não fosse derrubado de lá por uma força maior. O revoltado nunca aprenderia a cultivar a paciência se não enfrentasse uma situação em que ele nada pode fazer senão esperar.

  Como todo espírito que aqui habita possui ainda imperfeições a serem corrigidas, a doença vem como um tratamento de choque para o aceleramento desse processo evolutivo.

  Quando nos deparamos com um caso de epidemia ou pandemia, encontramos vários pontos positivos em meio a tanto sofrimento. Observemos a reação das pessoas que, ainda estando saudáveis, se condoem com a situação precária do seu próximo e despertam o sentimento de amor por aquele que sofre tanto. Quantos de nós não refletimos quando vemos que alguém sofre mais do que nós? Isso mesmo, saímos de nosso mundinho egoísta e adentramos à realidade do mundo em que vivemos, percebendo que temos muito mais do que precisamos, o que inclui a saúde e a capacidade de levantarmos da cama para trabalharmos.

  A doença também tem um outro lado interessante. É por causa dela que novas descobertas da ciência surgem, novos métodos de combate aos vírus e bactérias criam equipamentos tecnológicos que logo se tornam aliados do bem estar diário do ser humano. Um exemplo é um robô que emite raios UV com uma intensidade maior do que a que recebemos do sol e por isso consegue eliminar 99% dos vírus. Talvez, um dia, esse recurso possa nos ajudar a erradicarmos os vírus da Terra.

  A dor e o sofrimento que as doenças trazem também aproximam aqueles que estavam brigados. Sabendo que há a possibilidade de desencarne, o ser humano se torna humilde e reconhece que é melhor aproveitar o tempo que ainda pode permanecer ao lado dos que um dia teve alguma desavença, ao invés de levar as mágoas consigo, no seu coração, para o outro lado da vida.

  Sei que muitos ainda vêem a doença como algo terrível, mas lembremos que a beleza está nos olhos de quem vê e cabe a cada um de nós analisar se o ponto de vista que temos sobre o tema é o melhor ponto de vista que podemos adotar. Você prefere cultivar pensamentos ruins sobre isso ou prefere se esforçar em ver as boas mudanças que ela traz?

  Não nos esqueçamos de praticar a oração e pedirmos pelo alívio das dores que nossos irmãos sofrem. Afinal, a prece é um grande bálsamo para qualquer mal que nós venhamos a sofrer. E pensemos com carinho sobre o que temos feito da nossa vida afim de que não nos seja necessário sermos acometidos uma doença para nos despertar para a humildade e a caridade.

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 10 - Aula 1 - As Causas do Sofrimento


  Iniciamos hoje o 10º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "O Sofrimento".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Presunção e grandeza real.


  Na relva verdejante, uma violeta colorida exalava seu perfume. Um animal invejoso, que por ali passava, a ameaçou: "Vou te esmagar e acabar com a tua beleza."
  Ela não se perturbou e respondeu: "Se me esmagares, eu te abençoarei com o meu perfume e viverei impregnada em ti."
  Na noite calma, o pirilampo divertia-se a acender e apagar sua lanterna. Sentia-se feliz em trazer os raios das estrelas nas pequenas asas.
  O sapo, que coaxava à beira da lagoa, o invejou e ameaçou: "Vou te cobrir de baba peçonhenta e vou apagar a tua luz."
  O pequenino inseto sorriu e contestou: "Se me cobrires de peçonha, eu a sacudirei toda, libertando-me. Depois, prosseguirei a brilhar."
  A flauta, recostada em um estojo de veludo, zombou de um ágil rouxinol preso em uma gaiola de madeira: "Sou maior do que tu e mais nobre. Tu estás preso em uma gaiola de madeira. Eu, repouso tranqüila em rico estojo de veludo. Sou toda de prata, passeio por mãos perfumadas e recebo os beijos do artista que me sopra. És um pobre coitado!"
  A avezinha feliz, embora prisioneira, respondeu: "Não te invejo, amiga. É verdade que és muito preciosa, bela e forte. Eu sou uma pequena ave, frágil e prisioneira.
  Apesar disso, desfruto de alegria porque posso cantar, quando queira. Não preciso esperar que ninguém me sopre." E, embevecida, pôs-se a trinar.
  A vela mal foi acesa, tremeluziu e, embora espalhando fraca luminosidade, espancou as trevas próximas.
  Orgulhosa, passou a se gabar de ter vencido a sombra.
  Uma estrela de primeira grandeza, fulgurando no infinito, prosseguiu espalhando a sua intensa luz, sem nada comentar.
  O pavio, na lamparina, dizia de forma petulante ao azeite em que estava mergulhada: "Como és pegajoso e desagradável. Nem podes imaginar o quanto te desprezo."
  O combustível, atento ao seu mister, nada disse. Continuou a servir, humilde, permitindo que a lamparina ardesse e brilhasse, porque essa era a sua tarefa. E a desejava cumprir com alegria.
  O regato corria risonho por entre as pedras miúdas. Olhando para suas margens, acusou a vegetação abundante de lhe roubar o líquido precioso.
  Mãos irresponsáveis vieram, um dia, e arrancaram violentamente toda a vegetação. O córrego sorriu, satisfeito.
  Tempos depois, sem a defesa natural que a sombra lhe propiciava, a ardência do sol absorveu a água e o regato desapareceu.
  O orgulho e a soberba são sempre ilusórios. Fenecem como a erva no campo, ante a canícula insistente.
  A humildade, por sua vez, permanece e felicita.
  Sê tu aquele cuja importância ninguém nota. Mas, quando se faz ausente, de imediato tem sua ausência percebida.
  Cumpre, assim, com o teu dever. E, não te preocupes com a presunção dos que estão enganados; daqueles que acreditam que são as criaturas mais importantes da terra.
  Continua a agir no bem, a servir sempre.
  Age com inteireza e nunca passarás, mesmo que a morte te arrebate ou te ausentes para outras paragens, por alongado tempo.
***
  Mantém acesa a luz do entusiasmo em tuas realizações e, sabendo-te fadado à grande luz, deixa que brilhem as tuas aspirações nobres.
  Se não podes ser o pão que repleta as mesas, sê o grão de trigo e confia no futuro.

Fonte: R.M.E.

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 9 - Aula 3 - A Segunda Metade da Vida


  Seguimos com a 3ª aula do 9º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Etapas da vida".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 9 - Aula 2 - Maturidade e a Crise da Meia Idade


  Seguimos com a 2ª aula do 9º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Etapas da vida".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Proposta reencarnatória.


  É sabido pelos espíritas que antes do reencarne, o espírito assume compromissos para consigo afim de trabalhar para o seu próprio progresso e algumas vezes ainda auxiliar no progresso de outros que com ele venham a desfrutar a experiência no plano físico. Mas como eu sei que estou cumprindo a minha proposta reencarnatória?

  Antes de mais nada, é preciso compreender que ao invés de procurarmos pensar em certo ou errado, podemos fazer uma análise mais profunda em cima dos resultados. Isso mesmo, são os resultados que irão nos dizer como estamos indo, isso porque somos tão falhos ainda em nossas atitudes e tão cegos em nossa percepção que nos é muito difícil entender o que realmente é certo e o que realmente é errado aos olhos de Deus.

  Baseado nisso, pensemos então no resultado de nossas escolhas e questione-se: Eu estou feliz com as minhas escolhas?

  Quando demonstramos descontentamento com os passos dados, entendemos que o caminhar está no sentido oposto ao que nos propusemos quando ainda estávamos na erraticidade.

  Quando estamos felizes com nossas vidas, quando entendemos que o pouco que vivemos neste plano teve um propósito benéfico e que alegra os nossos corações, eis que o caminho é bom e o objetivo está sendo atingido.

  Não se culpe pelos erros, até porque todos nós vamos errar. Esqueça os erros, não se martirize, mas busque aprender com o gosto amargo que eles nos deixam. Se esse sabor não é bom, então não o experimentemos novamente. Todo resultado ruim vem de escolhas egoístas, orgulhosas, preteniosas e materialistas. São elas que nos afastam da evolução moral e por isso precisamos enxergá-las e entendê-las, afim de conseguirmos voltar à estrada do bem.

  E você, como estão os teus resultados? Já não é hora de você se auto-avaliar e buscar se conhecer? Não espere passar a vida terrena para se arrepender no leito de morte e lamentar pelo que não fez, pois o tempo é precioso e o arrependimento por tê-lo desperdiçado é algo que ninguém quer ter.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 9 - Aula 1 - Infância e Adolescência


  Iniciamos hoje o 9º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Etapas da vida".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 8 - Aula 3 - Relacionamentos Familiares


  Seguimos com a 3ª aula do 8º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Relacionamentos".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Equilibra-te. (por Samara Cristina)


Não chores pelos erros cometidos
Não vivas em busca de desejos mundanos
Não acredite que a morte é o fim de tudo
Se tens problemas, conflitos com vossa consciência
Ore, medite...
Este é o santo remédio para aquele que sofre

Se teu corpo sofre hoje pelos abusos que
cometeu outrora... Pare e pense
Terás sempre o recomeço.
Não te preocupes se não és compreendido pelo próximo
Aprendas a esperar... Cada um tem o seu tempo.

Por que guardar magoas, se este sentimento
Lhe faz sofrer?
Cultives a paz, pratiques o amor...
O amor é o caminho para o arrependimento
O amor é o caminho para a luz.

Não penses que estás só...
Não acredites que o Pai lhe esqueceu
Deus nunca abandona um filho
sempre haverá ajuda quando tu
Assim quiseres...

Quando a solidão toca-lhe o coração
E a angustia aperta-lhe a alma
Não chores amigo
Lembrei-se do Pai
Lembre-se dos momentos felizes
Lembra-te da prece...

Se estás com o coração cheio de cólera
Perdoe, viva...
Não pedes aquilo que não possas ter
Não julgue para não ser julgado
Lembra? Você também já cometeu erros

Não se culpe pelo tempo perdido
Você tem o hoje...
Você tem o recomeço
Caminhe em busca da luz
Siga sempre em frete.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 8 - Aula 2 - Casamento


  Seguimos com a 2ª aula do 8º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Relacionamentos".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Espírito e a sua relação com o sexo.


  Primeiramente vamos elevar a palavra sexo ao sentido de "reprodução", pois prazer é apenas uma forma de estimular um indivíduo ao ato sexual.

  Haja visto que a reprodução somente ocorre entre os indivíduos encarnados, não existirá sexo entre os desencarnados, pois o espírito não procria, não precisa dar continuidade a sua espécie. O espírito é imortal e indivisível, segundo orientações trazidas pelo Livro dos Espíritos.

  Agora, vejamos o sexo no sentido relacionado ao prazer.

  Um espírito de luz é liberto dos desejos da carne, portanto não requer os prazeres momentâneos e não precisaria reproduzir o ato sexual, portanto, todo espírito superior não pratica sexo.

  Mas, entre as entidades que habitam o umbral e que estão presas aos prazeres da carne, há o ato sexual muito mais promiscuamente do que você possa imaginar.

  Assim como há o consumo de drogas (um espírito absorve a sensação da droga no encarnado e não a droga física em si), como há roubos, como há tantas coisas materiais que espíritos inferiores no conhecimento ainda praticam, há também o ato sexual numa tentativa de se manter ligado aos desejos e sensações materiais.

  Nos livros de André Luiz e de diversos autores encontramos relatos de espíritos que são prostituas lá no plano espiritual. Espíritos que são viciados em sexo e não conseguiram se libertar disso. Irmãos que abusaram do uso do órgão sexual enquanto encarnados e como consequência ligaram-se, ou melhor, fundiram-se ao desejo sexual e ainda o buscam freneticamente.

  Nesse aspecto, haveria sexo sim, mas está longe de ser relacionado com a reprodução, pois como eu disse, o espírito não precisa reproduzir quando não estiver mais encarnado.

  Há um terceiro ponto a ser analisado. A palavra "sexo" aplicada como "gênero".

  Já sabemos e repito para quem não sabe que um mesmo espírito pode reencarnar como homem ou mulher, apesar de não possuir sexo definido como espírito. Sendo assim, o gênero "masculino" ou "feminino" é determinado no momento do encarne ou reencarne e muitas vezes após o retorno ao plano espiritual (processo de desencarne), o espírito conserva a aparência derradeira que possuía, mostrando-se portanto com o gênero que havia encarnado pela última vez.

  O espírito é assexuado (não tem sexo), pouco importa se ele se apresenta com a aparência de homem ou de mulher, com voz fina ou grossa, se é gordo ou magro, pois isso são detalhes que apenas aborrecem os menos evoluídos. Quanto mais puro, mais parecido com a centelha divina ele será.


  Há muitas coisas ainda que precisamos aprender sobre nós mesmos e que talvez ainda não tenhamos a capacidade de compreender. Mas isso não nos impede de buscar o conhecimento e analisar a informação. Você pode aceitar isso que foi dito como verdade ou pode se interrogar se haveria explicação melhor, o fato é que nada sabemos se comparado com a verdade universal da criação da vida.

Núcleo Espírita Nosso Lar - NENL




Vídeo institucional produzido pela TVI, dirigido pela cineasta Júlia Machado e exibido pela RBS TV mostrando as atividades exercidas no Núcleo Espírita Nosso Lar (NENL), em Florianópolis e na cidade vizinha São José. A produção apresenta ao público os diversos tratamentos desenvolvidos pela entidade.

Núcleo Espírita Nosso Lar (NENL)

Rua Vereador Arthur Manoel Mariano 2280 - Bairro Forquilhinhas
São José - SC - Brasil - CEP 88.106-500 - Telefone 048-3357-0045

O Núcleo Espírita Nosso Lar (NENL), constituído em 10 de Outubro de 1986, também designado pela sigla, é uma associação civil autônoma, sem fins econômicos, com personalidade jurídica de direito privado, sem distinção de sexo, crença, raça ou categoria social.

O NENL tem por finalidade: A assistência social e promoção humana, visando uma sociedade fundada nos valores morais que possibilitem a liberdade, a igualdade, participação e solidariedade. Ser modelo e multiplicador na luta pela conscientização do ser humano quanto ao seu papel na melhoria da qualidade de vida da sociedade. Contribuir na medida de suas possibilidades para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes com câncer, bem como de doenças degenerativas. A intensificação e a preservação da unidade de seus participantes.

Centro de Apoio ao Paciente com Câncer

Instituição filantrópica de utilidade pública criada com objetivo de cuidar, apoiar e auxiliar as pessoas com câncer e outras doenças degenerativas a enfrentarem o problema. Localizado em Florianópolis (SC), no Ribeirão da Ilha, o Centro de Apoio ao Paciente com Câncer foi construído exclusivamente com doações. A sociedade catarinense desde o início engajou-se na campanha para angariar fundos. As obras foram iniciadas em Janeiro de 1996 por uma equipe de engenheiros voluntária. Iniciou suas atividades operacionais em 08 de Março de 1998. No primeiro ano foi iniciado um processo que previa apenas um dia de tratamento. As outras etapas foram implantadas progressivamente. A manutenção das atividades depende exclusivamente de trabalho voluntário e de doações mensais realizadas na conta telefônica ou por intermédio de mantenedores da instituição. (texto completo no link acima)

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 8 - Aula 1 - Relacionamentos


  Iniciamos hoje o 8º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Relacionamentos".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 7 - Aula 3 - Raiva e Ressentimento


  Seguimos com a 3ª aula do 7º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Os Gigantes da Alma".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Alegra-te pelo fim do cativeiro.


"Leitura bíblica: Salmo 126,1-4
(vs. 1-3)
Quando o Senhor trouxe de volta os exilados de Sião, Maravilhas o Senhor fez por nós, encheu-nos de alegria.

Teu espírito será para sempre livre. Ele não pode ser reduzido à escravidão nem cair em condenação enquanto permites que o Espírito Santo guie a tua vida.

Acorda! A porta está aberta. “Levanta-te e segue-me” são as palavras que os ouvidos adormecidos precisam escutar. Alguns estão tão afundados no desespero que nem conseguem ouvir a mensagem de libertação que lhes é dirigida. Então aproveita e escuta-me agora!

Tenho feito grandes coisas por ti. Alegra-te. Que tua boca sorria e tua língua cante. Alegra-te no meio dos que querem te ver escravo, pois eu já te libertei. Que tua alegria seja motivo de espanto para teus inimigos."


  O texto acima nos fala sobre a libertação que tanto temos buscado, mas a libertação de que exatamente se não somos mais escravos? Ou será que ainda somos?

  O espírito está preso ao corpo físico para exercício de seu aprendizado e consequente progresso de seu estado moral e intelectual, mas você já percebeu como as posses materiais ainda causam preocupação, medo e perturbação? Pois bem, esse é um dos itens que Deus está nos ajudando a libertarmos-nos.

  A palavra trazida pelo mestre Jesus é alimento para a alma se fortalecer e se preparar para esse processo de desprendimento. Um espírito ainda pobre de conhecimento terá poucas chances de sucesso, porque a luxúria ainda o tenta, a inveja o corrói e a vaidade lhe aguça o sentido podre de viver com orgulho.

  Essa libertação pela porta aberta, o caminho que Jesus apontou, é imprescindível para que a humanidade siga em frente na escalada evolutiva. Estacionar já não é mais uma opção, é preciso reagir, é preciso buscar mudanças dentro de si próprio. Esqueça o seu vizinho, corrija a ti mesmo. Há muita bagunça na tua própria casa e muito trabalho na tua oficina do coração, para que percas tempo tentando ver os problemas dos outros. A reforma íntima é necessária e se faz urgente, os tempos da regeneração deste planeta estão chegando e a cada dia as reencarnações ficam mais difíceis, então, por que esperar?

  Enquanto há os que preferem se manter ligados às coisas terrenas, não te iludas, pois para eles é conveniente que você também fique. Mas Deus chama-nos a todo instante, acordemos para o chamado, limpemos nosso coração da maldade que ainda aqui habita e deixemos caminho livre para que o sopro divino se faça sentido em nossas vidas, libertando-nos das amarras do egoísmo, do preconceito, do orgulho e nos deixando mais leves para um voo de liberdade experimentarmos pela primeira vez.

  Todos podemos atender o chamado, mas nem todos queremos. E você, o que quer fazer de sua vida?

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 7 - Aula 2 - A Culpa e a Lamentação


  Seguimos com a 2ª aula do 7º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Os Gigantes da Alma".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Poema: Amor (por Samara Cristina)


Disse Jesus;
Deixai que venha a mim as criancinhas,
Pois tenho o leite que fortalece os fracos,
Deixai que venham a mim os necessitados,
Os que sofrem, os infortunados.

Eu lhe ensinarei o grande remédio,
Que suaviza os males,
Lhe mostrarei o segredo
Da cura de suas feridas...

O balsamo soberano, que cura,
as chagas do coração...
E o amor é a caridade...
Virtude que consola a nossas almas.

Se tu possuis o fogo divino, a fé,
Diga a todo instante de tua vida,
Meu pai, que a vossa vontade se faça, não a minha.

Se me é oportuno experimentar,
A angústia da dor, o sofrimento,
Bendito seja, porquanto é para meu bem,
Pois, sei que a mim o Senhor protege.

Se tu amigo, possuis o amor,
Possuis tudo o que há de desejável na terra,
O amor guia, o amor consola,
Preciosa pérola é o amor que nos corações habita.

Tão sublime é o amor,
Que sempre protege, até de nós mesmos.
Nem as maldades ou as perseguições
Irão nos alcançar...

Se possuis o amor...
Ele apagará de nossas almas
Tudo o que seja capaz de lhe conspurcar a pureza.
Afastará todo o "sentimento"que nos afasta de Deus.

Sentirás assim, resignado, feliz,
Pois sentirás diminuir dia a dia,
O peso da matéria... Livre viverás,
Voarás como um pássaro...

Assim subiremos ao céu,
Com o coração puro, alma leve,
Como o coração de uma criancinha,
Limpo de todo o mal...

Sigamos então em direção,
Ao pai, cultivemos o amor,
Até que nossos espíritos atinjam a pureza,
De quando foram criados pelo pai.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 7 - Aula 1 - Inveja e Necessidade de Valorização


  Iniciamos hoje o 7º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Os Gigantes da Alma".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 6 - Aula 3 - Inteligência Emocional e Espiritual


Seguimos com a 3ª aula do 6º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Emoções e Sentimentos".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Casar ou amar?


  Muito se tem mudado desde o passado em que as tradicionais famílias católicas seguiam fielmente o compromisso do casamento nas igrejas. Hoje vemos um movimento contrário, num sentido menos conservador e mais liberalista com relação a esta tradição. Mas precisamos entender melhor o porque disso tudo.

  O casamento é amor? Não, não é, pois o casamento nos prende pelas leis do homem, já o amor nos une pelas leis de Deus.

  O casamento é uma imposição a duas almas para que se mantenham moralmente encarceradas na mesma prisão domiciliar na atual encarnação, porém esquecem-se os homens de que o espírito é livre para ir e vir, de que ele muitas vezes é rebelde e não aceita que lhe sejam impostas leis tão frágeis e de que ele veio para aprender a amar e que não pode amar por imposição.

  Somente o amor nos une pela eternidade e sentir amor é escolha de cada um. É um aprendizado para o nosso crescimento.

  O casamento garante a fidelidade? Não, não garante. Ele traz a condição moral de que se deve ser fiel, mas somente o amor faz nascer no coração do ser vivo a vontade de respeitar o próximo, de fazer a ele aquilo que se gostaria que fizesse ao outro.

  O casamento é sinônimo de felicidade conjugal? Também não, haja visto a quantidade de separações que existem na atualidade. A felicidade é a alegria de se querer o bem ao próximo, de compartilhar essa alegria, de viver sorrindo. Quem faz germinar a verdadeira felicidade cheia de paz em nossas vidas é o amor, que tudo tolera, tudo compreende e tudo se esforça para melhorar.

  É preciso estar junto para se amar? Não, o amor não possui distância. Seu laço é tão flexível que permite amarmos até mesmo aqueles que já retornaram para o plano espiritual, sem necessariamente estarmos em contato direto com eles. Enquanto o casamento tenta formar a família pelos laços sanguíneos, o amor forma a família pelos laços espirituais, tornando todos iguais perante o Criador.

  Podemos amar mais de uma pessoa? Sim, podemos e devemos amar a tudo e a todos. Não falo-vos de relacionamentos conjugais e nem sexuais, mas de um amor puro que vem do coração e que pode ser compartilhado entre todas as criaturas viventes. Pobre daquele que acha que só poderá ser feliz quando encontrar sua alma-gêmea, pois ela não existe. O espírito não é incompleto para necessitar de um outro que o complete. O espírito nasceu para ser amado e para amar a tudo e a todos.

  Se hoje vemos pessoas felizes, é porque estão juntas pelo laço forte do amor e não pelas amarras do convencionalismo do casamento. No casamento, muitas vezes se mantêm a união por aparências, no amor se mantêm a união por vontade de ambos, pois ama quem quer, fica quem quer, ninguém é obrigado.

  E você, quer casar ou quer amar?

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 6 - Aula 2 - Os Sentimentos e os Tipos Psicológicos


Seguimos com a 2ª aula do 6º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Emoções e Sentimentos".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Recomeço. (por Samara Cristina)



Pelas sombras caminhei,
Por muito tempo vendei meus olhos a luz da esperança,
Joguei meu sonhos fora...
Naquelas tormentas... O que sobrou?
Somente a dor, a dor da alma,
Mergulhada nos sentimentos mundanos,
Uma alma governada pelo orgulho e a vaidade,
Por muito tempo, assim caminhei.

Ah, como eu sofri,
Sim, somente por que eu quis!
Uma prece sincera de coração eu fiz a Deus Todo Poderoso,
Uma alma aflita clamava....
Pai, perdoa-me, pai, perdoa-me,
Uma brisa suave tocava meu espírito,
Foi pra mim um balsamo...
Uma esperança uma luz... um socorro.

Abri meu olhos aquele momento e eu vi...
Vi a luz que por muito tempo eu exclui,
Agradeci ao pai por nunca esquecer de mim,
O filho ingrato que volta pra casa,
Para o aconchego do pai... Eu voltei.

Uma emoção tocou meu espírito,
Ah, como eu chorei, envergonhado fiquei,
Perdão pai, porque eu pequei,
Sou teu filho amado, pra ti quero voltar.

As dores morais que meu espírito carregava,
Faziam-me sentir culpado por tudo que eu fiz,
Aquele momento em que fui resgatado,
Cansado eu estava...
Perdido eu caminhava,
Chorava, ah, como eu chorava.

A doce presença que estava ao meu lado,
Depois de um longo abraço...
Me tirou dali...
Senti o peito leve, um anjo eu vi,
Nesse momento então percebi,
Um pai jamais deixa um filho,
Mesmo ingrato, comigo ele estava.

Uma nova vida me foi dada,
Agora com novos sentimentos...
O espírito mais leve eu pude sentir,
Agradeci ao pai por nunca esquecer de mim...

De volta a matéria agora estou...
Um novo corpo, um coração cheio de amor,
Um recomeço, que o bondoso pai meu concedeu,
Um novo caminho agora criei,
Cheio de esperança, amor e bondade,
Minha alma chora, mas agora é de felicidade,
Fui abençoado com a reencarnação...

Novos caminhos e laços eu criei,
Encontrei amigos que tanto amei,
Agradeço ao pai por essa dádiva,
Ter amigos, amigos de verdade...
Na simplicidade agora caminho.
Aprendi que a humildade é o caminho para o amor.

Pra que chorar, me pergunto,
Se tenho o pai que tanto olha por mim,
Tenho amigos que me cercam com paz e amor,
Tenho sempre aqueles que ao meu lado estão,
Que a simplicidade esteja sempre comigo.

Provas difíceis eu escolhi...
Dificuldades? Sim, mas tenho a esperança,
De conseguir...
Por muito tempo eu vivi,
Vivi na sombra porque assim eu quis,
O pai misericordioso e justo que ele é,
Aceitou meu pedido... Estou aqui,
Mas, não estou perdido....

Por medo do mundo, ao pai pedi,
Quero nascer sem riqueza, sem títulos,
Quero ter somente a ti...
A lei maior de causa e efeito,
Tudo o que eu fiz, a mim está vindo,
Todo mal que um dia pratiquei,
Mais resignado estou, feliz eu vivo.

Por que hoje eu tenho pai,
Por ele eu vivo... Tão misericordioso,
Me mandou um auxílio...
Uma luz, o espiritismo.

Chorar pra que. Se tenho o pai,
Abandonado não estou, pois tenho amigos,
Tenho hoje tudo que preciso,
Hoje caminho sob a luz do espiritismo,
Grande é o pai, pois sempre estas comigo.

Transformado estou, sou um novo espírito,
Um novo caminho, um novo abrigo,
Alegre, feliz eu vivo a estar,
Tenho o Mestre Jesus a me auxiliar...
Tenho comigo uma missão...
Amar a jesus de todo coração,
Colocar em pratica tudo que aprendi,
Ser caridoso, humilde... tenho um auxilio,
A luz da minha vida, o espiritismo.

Sou luz, espírito imortal,
Estou caminhando em direção ao pai celestial,
Choro, choro de alegria...
Tenho tudo que preciso,
Um só caminho...
Aquele que me leva ao pai.