sábado, 29 de março de 2014

O meu jardim.


  Observa os raios dourados do sol que incide no jardim, despertando cores e beleza, impulsionando o movimento e a vida no desabrochar das flores, evocando o canto dos pássaros, o zumbido das abelhas, e invocando o amor do Criador. Neste Oasis encantado nossas almas se encontram, na doçura infinita desse centro de Luz-Amor!
  E neste recanto de paz o SACERDOTE DO AMOR DIVINO pronuncia a ORAÇÃO: “Livre-se das amarras que o mantém prisioneiro da ilusão do mundo; libere os laços da posse a qualquer custo; saia do espaço pequeno que retém e cerceia; abandona tudo que encadeia o pequeno Eu. Liberta o aprisionado Eu   Inferior para poder servir a Deus. Acenda a luz no altar da alma e com esse candeeiro na mão ilumine o caminho a seguir; faça o sacrifício e o ALTRUÍSMO revelará a GLORIA DO UNO”!
  Nada tema, se tu tens Deus no coração.  O temor cria a ilusão e a ilusão esconde a luz interior!
  Durante o restante de tempo desta encarnação, coloca a ênfase na espiritualidade, e sirva aqueles com quem entra em contato ou o destino o aproximou!
  Ora por aqueles que tu amas ou mesmo que não amas, e silenciosamente e em quietude o Céu te brindará com as moedas de Ouro da Vida Eterna!
  Não permita que a demanda das vozes menores sobreponha a Grande Voz do Altíssimo!
  Quebre as travas do passado e converta-se no verdadeiro SANYASIN, (aquele que entregou sua vida a Deus) que nada deseja para o Eu Separado; e viva no Amor puro do Senhor do Amor e da Vida!
  Quando as causas internas se esgotam em dor e enfermidade, logo mais vem à liberação!
  Permita que a DIVINDADE interna sobrepuje o desejo do ego negativo!
  Consagre-se ao santuário da alma e sirva com alegria, e permita que seu JARDIM interno seja um lugar de oração e refúgio para muitos que sofrem!
  Não esqueça que quem busca o teu jardim, vêm sobre tudo pela beleza e doçura da tua alma amorosa e pura!
  Faça também da tua vida um jardim para os outros, abençoando e curando a dor alheia!
  E sempre derrame a radiação do Amor nos pequeninos!
  Eis tua oração: “Amo e sirvo todos que encontro nos caminhos da Vida, e do meu jardim interior eu auxilio os que necessitam do meu Amor”!
  Toda palavra traz no seu bojo signos verbais de luz ou trevas, e quando a palavra vem de Deus ela toca o coração, muitas vezes levando até às lágrimas, e o coração sabe quando ela nasce de outro coração!
 
PAZ E LUZ!

Autor: Ismael de Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário