quinta-feira, 29 de maio de 2014

Deus sabe.


  Há momentos muito difíceis, que parecem insuperáveis, enriquecidos de problemas e dores que se prolongam, intermináveis, ignorados pelos mais próximos afetos, mas que Deus sabe.
  Muitas vezes te sentirás à borda de precipícios profundos, em desespero, e por todos abandonado. No entanto, não te encontrarás a sós, porque, no teu suplício, Deus sabe o que te acontece.
  Injustiçado, e sob o estigma de calúnias destruidoras, quando, experimentando incomum angústia, estás a ponto de desertar da luta, confia mais um pouco, e espera, porque Deus sabe a razão do que te ocorre.
  Vitimado por cruel surpresa do destino, que te impossibilita levar adiante os planos bem formulados, não te rebeles, entregando-te à desesperação, porque Deus sabe que assim é melhor para ti.
  Crucificado nas traves ocultas de enfermidade pertinaz, cuja causa ninguém detecta, a fim de minimizar-lhe as conseqüências, ora e aguarda ainda um pouco, porque Deus sabe que ela vem para tua felicidade.
  Deus sabe tudo!
  Basta que te deixes conduzir por Ele, e sintonizado com a Sua misericórdia e sabedoria, busca realizar o melhor, assinalando o teu caminho com as pegadas de luz, características de quem se entregou a Deus e em Deus progride.
* * *
Franco, Divaldo Pereira. Da obra: Filho de Deus.
Ditado pelo Espírito Joanna de Ângelis.

  Quantas vezes nos desesperamos por um acontecimento e ao invés de procurarmos nos acalmar vamos logo tentando achar o culpado daquele mal?
  Deus, na sua infinita sabedoria, tem conhecimento de causa sobre tudo em sua vida. Se o mal te aflige, não é por acaso e o Pai já sabe qual é o remédio necessário.
  Quando vamos orar, a espiritualidade já sabe do que se trata, no entanto ela aguarda que você ore para que tenha ao menos realizado um pequeno esforço de se lembrar do Pai de amor e bondade que te criou. É um momento importante que nos aproxima de Deus, pois a maioria de nós o busca pela dor ao invés de o fazê-lo pelo amor.
  A compreensão do que o ocorreu pode demorar a vir, portanto meditar e refletir é importante para desvendar o mistério, mas mais importante é entender "para que" aquele acontecimento veio, "qual mudança" dentro de nós ele veio requerer. Deus usa desses momentos para nos elevar moralmente e consegue com isso que nos tornemos pessoas melhores, mais fortes, mais confiantes na providência divina.
  Sim, Deus sabe do teu sofrimento e não te abandona nunca, mas não quebra suas próprias leis. Se o universo e a natureza requerem de ti um período de mudanças e adaptações, não lhe será concedido um alívio enquanto você lutar contra a vontade de Deus. Aceita e segue em frente. Confia e esforça-te para superar a dificuldade. Mas lembre-se de que a vontade de Deus está acima da nossa, sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário