sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O erro.


  Quem é que nunca fez nada de errado?
  Naturalmente, todos nós, algumas vezes na vida, cometemos erros, seja intencionalmente ou não.
  O erro faz parte do aprendizado.
  Por trás de todo erro está a ignorância, o orgulho, ou o egoísmo.
  O ignorante erra por desconhecer, o orgulhoso por se julgar mais importante do que as demais pessoas e o egoísta por pensar somente em si.
  O que caracteriza o erro não são os padrões sociais ou as diretrizes éticas estabelecidas, mas sim suas conseqüências sobre o indivíduo e a sociedade.
  O que torna algum gesto desacertado são os seus efeitos malignos.
  Erramos quando nossos atos ferem alguém. Quando invadimos o direito à felicidade do próximo. Quando destruímos, ao invés de construir.
  Numa palavra, erramos sempre que geramos sofrimento para os outros ou para nós mesmos.
  Por estar vinculado ao sofrimento, vemos que o erro não é um bom negócio.
  Entretanto, se formos sábios, saberemos tirar frutos dele.
  De uma forma muito especial, Deus sempre cuida para que, dos nossos equívocos, tiremos algo de bom.
  Isto acontece por meio da Lei de Causa e Efeito, que faz com que todo o bem, como todo o mal realizado retorne ao seu realizador.
  No campo dos sofrimentos isto se chama expiação.
  Mas para tornar o processo menos penoso, podemos recorrer ao arrependimento e à reparação.
  Arrepender-se é, portanto, o primeiro passo na correção de um desatino.
  Existem pessoas que só se arrependem dos seus erros quando estão colhendo as conseqüências.
  Quanto mais demoramos a nos arrepender, mais sofremos.
  O arrependimento deve provocar um desejo de reparação, que consiste em fazer o bem a quem se havia feito mal.
  Mas nem todas as faltas implicam em prejuízos diretos e efetivos.
  Quer dizer, nem sempre teremos de expiar, ou sofrer.
  Nesses casos, a reparação se opera fazendo-se o que deveria e foi negligenciado. Cumprindo deveres desprezados, missões não preenchidas.
  Quem tem sido orgulhoso, buscará tornar-se humilde. O rude procurará ser amável. O ocioso passará a ser útil e o egoísta, caridoso.
  Costuma-se dizer que errar é humano.
  Nós poderíamos inverter o raciocínio dizendo que corrigir erros é que é humano, pois o homem não pode desprezar a sua fantástica capacidade de racionalização ao persistir em atitudes que somente o infelicitam.
  Reconhece-se, então, o homem de bem pela capacidade com que ele substitui seus defeitos por virtudes superiores.
* * *
  Os efeitos dos nossos atos se estendem, muitas vezes, para além da existência atual.
  Isso explica os sofrimentos atuais, cujas causas não se encontram no presente.
  Várias vezes estamos recebendo hoje os efeitos de nossos atos de vidas passadas.
  Nenhum Espírito atinge a perfeição, sem antes reparar os erros do seu caminho evolutivo.
  Por isso, hoje é o dia de fazer o melhor!

Fonte: R.M.E.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Renasce agora. (por Samara Cristina)

"Aquele que não nascer de novo não
                                                                              pode ver o reino de Deus" - Jesus.
                                                                                                                           (João, 3:3.)


Todo dia é dia de renascer,
Todos os dias são dias de plantar,
O amanhã é o momento de colher,
E agora é a oportunidade de amar.

Deixe no passado o que hoje te angustia,
Guarde no agora o que é justo belo e nobre,
Conserva o amor que em teu coração flui,
Se abra como uma pétala de rosa.

Comece hoje no trabalho fraternal,
Ame, viva, renasce, caminhe,
Seja um semeador do evangelho,
Siga os ensinamentos do Senhor.

A cada momento é uma oportunidade,
De reajustamento, de aprendizado, de ensinar,
Faça por amor ao próprio amor,
E o Jesus lhe guiará.

Não deixes para depois o que hoje pode plantar,
Crie laços de amor, paz, esperança,
E deixe para trás as sombras que venham lhe angustiar,
A boa vontade é um beneficio que pode cultivar.

Alguém te magoa? Reinicia o esforço da compreensão,
Alguém não te compreende? Persevera no amor,
E demonstre os intentos mais nobres,
Reviva cada dia na corrente cristalina do bem.

Renasce hoje em teus propósitos,
Trabalhando para superar os obstáculos
E alcance por antecipação a vitória sobre ti mesmo.
E guarde o que o Mestre nos diz: - "Aquele que não nascer de novo
Não pode vê o reino de Deus".

domingo, 23 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 13 - Aula 3 - Depressão


  Seguimos com a 3ª aula do 13º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Psicopatologias".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 13 - Aula 2 - Esquizofrenia


  Seguimos com a 2ª aula do 13º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Psicopatologias".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis- Módulo 13 - Aula 1 - Transtorno Compulsivo Obsessivo


  Iniciamos o 13º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Psicopatologias".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

Necessária esperança.


  Você se considera alguém esperançoso?
  Você acha importante ter esperança na vida?
  Em que você tem esperança?
  Curiosamente, alguns pensadores consideram-na uma ameaça.
  André Comte Sponville, filósofo moderno, afirma que a esperança deseja e teme um futuro que ainda não é, que talvez nunca seja, mas que a tortura com sua ausência.
  Para ele, nessa esperança que dizemos cultivar, há ainda muita incerteza e angústia, pois não se sabe realmente se aquilo vai ou não acontecer, se vamos ou não conseguir alcançar o que intentamos.
  É como se nos auto-enganássemos, querendo revestir de um sentimento de prazer, de alegria, um esperar que, no fundo, é totalmente incerto.
  Nietzsche é categórico, nesse sentido, dizendo que a esperança prolonga o sofrimento, por isso seria o pior dos males.
  Desconsiderando a dose extra de pessimismo nas palavras do filósofo alemão, verificaremos que há muita verdade em seu dizer.
  Se colocarmos sob observação o que entendemos por esperança, e a forma com que muitos ainda a cultivamos no mundo, veremos que todos estão certos em combatê-la.
  A esperança vulgar, do simples esperar comodista, estático, engessado, quase sempre é grande mal para o Espírito nas vias do progresso.
  Quantos dizem: Tenho esperança de conseguir uma vida melhor!... Mas não movem um dedo sequer na direção desse sonho.
  Quantos afirmam, suspirando: Tenho esperança de que o mundo vai tomar jeito... Mas não são capazes de enxergar que está na sua modificação íntima o tal jeito do mundo.
  Quantos têm esperança de conseguir isto ou aquilo, mas não entendem que precisam fazer por merecer tais conquistas.
  Ter esperança não é esperar, simplesmente, pois a esperança verdadeira é virtude, é perfeição da alma.
  Por ser virtude, é força ativa, atuante, e não desejo vago paralisante.
  Na verdadeira esperança não há insegurança, e sim, apenas a confiança plena de que tudo acabará bem, independente do que for acontecer.
  Essa segurança é dada pela confiança nas Leis Divinas, perfeitas, que regem o Universo de forma magnificamente precisa.
  Na verdadeira esperança não há a angústia da expectativa. Ela é substituída pela alegria, pela tranqüilidade de quem espera com confiança.
* * *
  Quando o indivíduo se encontra na encruzilhada de decisões importantes, é a esperança que o estimula à seleção do caminho a seguir.
  Quando os céus se apresentam borrascosos e ameaçadores, é a esperança que anuncia a claridade vitoriosa que logo mais chegará.
  Quando as dificuldades aturdem e as perspectivas de êxito fazem-se mais remotas ou impossíveis, é a esperança que propõe novos tentames, a fim de que tudo se modifique.
  Quando a morte domina, arrebatando os seres queridos da convivência física e deixando uma lacuna quase impreenchível, é a esperança do reencontro que alenta no prosseguimento da marcha.

Fonte: R.M.E.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Meditação em um instante.


  A meditação é uma prática de limpeza dos pensamentos, reequilíbrio vibracional e estabilização emocional. Ela traz muito mais do que a paz, ela traz saúde, harmonia, alegria e torna a vida muito mais fácil.

  O seu grande problema é que a meditação como a conhecemos é demorada e por isso requer disponibilidade de tempo, coisa que nós não encontramos na vida real, principalmente quem trabalha, estuda ou cuida da casa e da família.

  Este vídeo nos ensina uma técnica interessante que permite exercitar a meditação em um curtíssimo espaço de tempo. Inicialmente o treino é feito em 1 minuto, mas depois você poderá desenvolver a prática em um tempo quase que instantâneo.

  Um exercício tão benéfico assim precisa ser compartilhado e é por isso que trago aos leitores do blog www.serenaluz.com que sempre buscam por paz e amor.

  Deixo abaixo o vídeo e também um um grande abraço fraterno!

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Humildade por questão de opção.


  A humildade não é um sentimento de imposição. Não basta alguém lhe dizer que você deve ser humilde para atingir a nobreza deste sentimento tão elevado e singular. É preciso que haja transformação.

  O indivíduo nasce, cresce e a medida em que o tempo passa ele se educa, observa, compreende e absorve o que lhe interessa, o que ele julga que lhe faz bem, recebendo diversas vezes a chance de aplicar os aprendizados, de compartilhá-los, de exemplificá-los até o término de seu estágio no corpo físico. De que valeria tanto esforço para aprender tudo isso se o indivíduo não o aplicasse? É verdade que há sempre a opção, o livre-arbítrio para se decidir se quer ou não fazê-lo e é ai que entendemos o que realmente é a humildade.

  A humildade é a vontade de querer fazer o bem, ela parte de dentro e não precisa chamar a atenção de ninguém, pois é natural de cada um. Ela já habita nossos corações, mas precisa ser compreendida para que então venha a tona. A humildade sem vontade é como o café sem açúcar, não deixou de ser café, mas não tem o mesmo sabor agradável.

  Aprender a ser humilde faz parte do processo evolutivo da humanidade. Nessa etapa da vida em que somos convidados a exercitar o sentimento da humildade, encontramos obstáculos, pessoas que nos julgarão, situações que causarão indecisões, mas não estaremos sozinhos nesta tarefa. Haverá sempre um anjo bom ao nosso lado, nos intuindo ao caminho do bem, nos conduzindo à semeadura do amor, para que um dia os campos áridos dos corações humanos endurecidos se tornem lindos campos de flores perfumadas.

  A humildade de um transforma muitos pelo exemplo que se dá, nem é preciso falar, nem impor, basta ter vontade e fazer, basta deixá-la sair de dentro do coração.

  Há quem diga que o humilde é trouxa, mas perguntemos ao humilde se ele se sente bem sendo assim e descobriremos que ser humilde foi opção dele. Existe grande diferença entre ser humilde e ser submisso, entre ser humilde e ser condizente com o mal, entre ser humilde e ser um escravo. Ser humilde é um ato de renúncia ao orgulho, mas com sentimento e com razão, afim de não causar prejuízo ao próximo e muito menos a si próprio.

  Não deixemos de refletir sobre a humildade, pois já faz mais de 2.000 anos que aprendemos como exercitá-la e ainda não temos demonstrado a boa vontade em fazê-lo. Até quando agiremos com o orgulho que tanto nos causa sofrimento?

terça-feira, 11 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis- Módulo 12 - Aula 3 - Fobias e Síndrome do Pânico


  Seguimos com a 3ª aula do 12º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Saúde Mental".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 12 - Aula 2 - Ansiedade


  Seguimos com a 2ª aula do 12º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Saúde Mental".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

A Série Psicológica de Joanna de Ângelis - Módulo 12 - Aula 1 - Saúde Mental


  Iniciamos o 12º módulo do curso oferecido por Cláudio Sinoti e Iris Sinoti.

  O tema deste módulo é "Saúde Mental".

  Esse vídeo está disponível no youtube e este blog está apenas compartilhando-o afim de reunir num só lugar todas as vídeo-aulas, facilitando assim o estudo desta maravilhosa obra.

  O menu contendo todos os vídeos já publicados fica do lado direito do blog, no banner "Estudo online da doutrina Espírita" ou você pode acessá-lo neste link aqui: estudos.


Fonte: TVCEI