segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Preocupações financeiras.


  O preço subiu, o salário não. O povo brasileiro vive hoje um pesadelo repetido, algo que já conheceu no passado e que o assusta e muito, a inflação está de volta, ainda não em níveis tão altos como um dia já chegou, mas convenhamos que está tirando o sono de muitos pais de família.

  Este texto não é uma crítica ao governo, pois não é o propósito do blog Serena Luz, mas é uma reflexão sobre o momento. Quem tinha muito guardado, logo pode não ter nada mais. Assim é a inflação que nos faz perder tudo aquilo que acumulamos com o suor de nosso trabalho, ela desvaloriza o dinheiro e nos empobrece.

  Hoje vi no jornal pela manhã que o povo já está colocando a inflação como um motivo de preocupação maior do que a violência. Que exagero, não se pode nem comparar uma coisa com a outra. Mas é chegada a hora de aprendermos valiosa lição!

  É em momentos assim que lembramos que um certo homem humilde e simples no falar dizia-nos: não acumuleis tesouros na Terra, onde as traças e a ferrugem corroem e os ladrões escavam e roubam!

  E não é que Ele estava certo! Mas é fato que nós nos preocupamos com o futuro, queremos garantir o conforto de nossa família, queremos segurança pois ninguém conhece o amanhã, senão Deus.

  O momento em que perdemos o que tanto conquistamos é uma provação, sim, é uma forma de Deus nos ensinar a não supervalorizarmos o que é material e ao mesmo tempo nos ensina a termos fé, afim de que saibamos confiar na providência divina que nos auxiliará mediante o nosso esforço.

  Se você trabalha honestamente, mesmo que pareça que a situação financeira vai por ralo abaixo, lembra-te de que Deus conhece o teu coração e não te deixará faltar o necessário. Faça a sua parte e siga trabalhando, se preciso for, descarte o supérfluo, mas jamais deixe dormir em paz, sentindo-se perturbado pelo dia de amanhã. Confia sempre, pois após a tempestade, surge o sol, vem a calmaria e a alegria retornará.

  Todos já passamos ou ainda passaremos por provações assim, mas cabe a cada um de nós aprendermos a enfrentá-las e superá-las da melhor forma possível. O que não nos faltam são ensinamentos deixados por Jesus afim de que possamos corrigir-nos a tempo de vencermos nossas próprias limitações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário