segunda-feira, 4 de maio de 2015

O sol da felicidade (autor: Igor Carvalho)



Há quem diga que quando o dia se inicia sem o sol, será um dia triste. Será mesmo?

É verdade que a luz do sol e o seu calor nos excita ao ponto de nos alegrarmos e sentirmo-nos mais dispostos, mas há um grande equívoco em acharmos que nossa felicidade depende da condição climática. Para tal, vamos refletir:

A pobreza causa tristeza?

Pode causar, mas não é fator determinante para ser triste, haja visto que há pobres felizez.

A dor causa tristeza?

Pode causar, uma vez que nos impede de realizarmos algumas ações que o faríamos em plena saúde, mas também há doentes felizes.

A solidão causa tristeza?

Pode causar, pois não se tem com quem compartilhar a alegria naquele momento, veja bem, naquele momento, pois não existe solidão eterna, uma vez que o mundo é habitado por bilhões de espíritos encarnados e portanto, há pessoas felizes.

Voltando então ao primeiro questionamento, um dia sem sol é um dia triste?

Certamente que não! Pode não ser tão bonito aos olhos de alguns, mas o sol é a nossa luz secundária. A primeira luz é a que carregamos dentro de nós, sim, é essa luz que brilha em nosso ser que gera a verdadeira felicidade. Todo aquele que buscar a felicidade nas coisas exteriores estará sempre sujeito a oscilações de humor, mas todo aquele que reconhecer sua própria luz, esse será feliz independente do que lhe ocorrer na vida física, pois a felicidade é um estado, uma escolha que cada um de nós faz.

Eu escolho ser feliz, e você?

Um comentário: